Pets exóticos: Uma galinha num apartamento!

galinha em apartamento

A classificação de pets exóticos engloba, normalmente, animais silvestres, raros e difíceis de ver por aí, sejam aves, répteis ou mamíferos. Mas nossa série sobre Pets Exóticos vai abrir uma exceção com uma história que tem tudo a ver com a vida cheia de descobertas de quem cria animais exóticos em casa: a da Camila, que quebrou alguns padrões para criar dentro de seu apartamento em São Paulo a Rosquinha, uma cadela, e Xixa, uma galinha. Será que dá certo?

Natural de Castelo/ES, a jornalista e engenheira Camila Bellon explica que a sua paixão pelas aves tem a ver com as origens do interior. Desde criança, ela teve galos de estimação – foram três, dos quais ela guarda lembranças carinhosas e cheias de saudade. Mesmo mudando de cidade, o amor se manteve. “Além de mudar de estado, casei e saí de uma casa com quintal para um apartamento, mas não parei de amar as aves. Resolvi, então, ter novamente uma companheira. Peguei o carro, dirigi uns 150 km até achar uma fazenda de criação de aves e voltei de lá com uma galinha”, relembra Camila. Apesar de até então suas experiências terem sido somente com galos como pets, para evitar problemas com vizinhos ela optou por uma galinha. Assim Xixa chegou em casa, com apenas um mês de vida.

Xixa pronta pra fazer um rango na #cozinhadabellon

Uma publicação compartilhada por Camila Bellon (@camilabellon) em

Hoje já com um ano, Xixa é uma galinha carinhosa e moderna, e Camila garante que criá-la em um apartamento não é coisa de louco, já que “galinhas são limpinhas, não necessitam de muito espaço e o custo é baixo. Tudo o que elas precisam é de um poleiro, comida e água fresquinha, um pouco de terra pra ciscar e um pouco de carinho”. Nos fundos da casa, ela montou uma área com poleiro e uma bandeja grande com terra, mas Xixa pode andar livremente pelo apartamento.

Silenciosa (os vizinhos só descobriram a existência dela pelas redes sociais!), a galinha se alimenta de milho, folhagens e ração e faz sua própria higiene – assim como os gatos se lambem, galinhas usam o bico para fazer a limpeza das penas, não precisando de banhos. Elas não aprendem a fazer cocô no lugar certo, mas há soluções. “O que eu fiz foi encomendar uma fralda para galinhas de uma fazenda dos Estados Unidos. Ela faz cocô na fraldinha e no final do dia eu esvazio e lavo a fraldinha. E o chão da casa continua limpo e perfumado”, esclarece Camila.

galinha em apartamento
Xixa usando sua fraldinha importada

Uma vantagem que não dá para ignorar da vida com uma galinha como pet é ter uma produção de ovos exclusiva! Depois de ter escolhido um local da casa para as chocadas, Xixa iniciou sua produção, que é de um ovo por dia, normalmente. Já com relação à convivência com Rosquinha, a cachorrinha, Camila garante que não tem grandes problemas. “Elas se dão super bem. Como toda irmã, às vezes elas brigam, mas nunca aconteceram acidentes. Quando a gente sai, as duas ficam sozinhas (e juntas). Quando a Xixa está sem paciência ela afasta a Rosquinha com bicadas e tudo fica bem”, afirma.

Ou seja, se você já tem um cachorrinho em casa mas gosta das aves, que tal encarar essa aventura diferente? Possivelmente, eles vão levar a convivência com tranquilidade e render bons momentos em família. 😜

Acompanhe a vida e a rotina divertida de Rosquinha, Xixa e Camila no Instagram: Siga aqui.

NÃO MEXE COM A XIXA QUE ELA É VIDA LOKA Uma publicação compartilhada por Camila Bellon (@camilabellon) em

One more egg!

Uma publicação compartilhada por Camila Bellon (@camilabellon) em

Uma feliz, uma bravissima e uma nao ta entendendo nada. 🐕🐔🙆 Uma publicação compartilhada por Camila Bellon (@camilabellon) em

Um comentário em “Pets exóticos: Uma galinha num apartamento!”

  1. Camila, linda tua relação com os bichinhos! Grata por esclarecer alguns detalhes que eu n havia me dado conta: areia p ela via. Quero mto uma galinhazinha, mas meu apartamento é mto pequeno. Achas que uma caixinha de areia tipo para gatos resolveria? Elas fazem mto cocô durante o dia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *