De quanto em quanto tempo levar o pet ao veterinário?

Todos aqueles que possuem um animalzinho em casa sabem a importância da consulta ao veterinário em caso da suspeita. Afinal, não existe indicação melhor do que levar o bichinho para quem entende e saberá identificar possíveis problemas. Mas, e se o animal estiver saudável e se comportando como sempre? Deve ser levado ao veterinário?

A resposta ainda é sim! Como nós, que precisamos ir ao médico para fazer check-ups regulares, os pets também precisam desse monitoramento. A frequência da ida ao profissional vai depender principalmente da idade do seu bichinho.

Períodos da vida

Na fase inicial, quando ainda filhote, o ideal são consultas mensais até os seis meses, período em que se toma todas as vacinas obrigatórias. Isso avalia o crescimento, ajuda a identificar casos de doenças crônicas e até mesmo a adequação de uma dieta equilibrada.

Quando o cão ou gato se torna adulto, a partir dos sete meses, o ideal é que a consulta se torne anual. Assim, será tomado o reforço das vacinas. Também será avaliado o peso, a saúde dos pelos, bocas e ouvidos para detecção de possíveis bactérias ou parasitas.

Quando se atinge os sete ou oito anos, o ideal passa a ser consultas semestrais. É comum que, com a idade mais avançada, alguns problemas passem a aparecer. E mesmo que não apareçam, o ideal é que se fique de olho. É possível que nessa fase o veterinário peça exames para verificar o funcionamento de órgãos internos de seu cão ou gato.

Além do veterinário, é necessário levar os bichinhos regularmente à um profissional de higiene, que possa cortar as unhas e cuidar da pele do seu pet sem agredi-lo. Banhos podem ser feitos em casa sem problemas, mas alguns cuidados especiais apenas alguém capacitado pode realizar.

Lembre-se que esse custo com saúde deve ser pensado ao adotar um bichinho, pois com a qualidade de vida não podemos brincar!

6 Respostas para “De quanto em quanto tempo levar o pet ao veterinário?

  1. Ótimo, muito bom!
    Parabéns pelo texto, realmente esclarecedor.
    Muito interessante aos tutores de pets, e, também, aos profissionais de saúde de pets.

  2. Gostei da matéria. E se gostar do atendimento de um médico , permaneça com ele. Qual? Aquele que trata seu pet com carinho, respeito e humildade. Tive uma experiência que cheguei a me perguntar: para quê eu levei no veterinário? . Para animais idosos procurar sempre um especialista…não vá no mais próximo…procure se certificar se realmente sabe tratar um idoso… avalie no início da consulta…caso perceba falta de carinho e má vontade no atendimento e até mesmo falta de crédito ao relato do dono, não prossiga a consulta. Procure outro. Isso é fundamental… caso contrario seu bichinho vai sair dali com tamanho stress que pode levá-lo a óbito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *