Cachorros sofrem com o calor!

Cachorros sofrem com o calor

O verão pode até não ter chegado ainda oficialmente, mas já está batendo na porta. Assim como precisamos tomar mais cuidados com o sol, como passar sempre protetor solar e tomar bastante água, alguns cuidados são essenciais para a qualidade de vida de nossos amiguinhos também.

Porém, algumas raças de cachorro têm a tendência de sofrer mais o impacto do calor do que outras. Seja pelo tipo de pelo, sensibilidade da pele e até características respiratórias, é muito importante estarmos atentos ao clima e alguns cuidados.

Raças que mais sofrem com o calor

Algumas características de determinadas raças podem fazer que alguns cães sejam mais sensível ao verão do que outros. Vamos conhecer quais são essas raças e o por quê.

Peludos

Por ser originalmente de regiões mais frias, esses cachorros possuem muitos pelos, mas, mesmo tosados, ainda sofrem com o calor. Isso acontece por possuir uma camada dupla de gordura, o que dificulta o resfriamento de seu corpo, que não acontece por completo. Nessa categoria de cães, temos o Chow-Chow, São Bernardo, Husky e o Boiadeiro de Berna.

Braquicefálicos

Os cães braquicefálicos são os cachorros de ‘focinho achatado’, que possuem problemas respiratórios anatômicos. Por ter o focinho curto, a respiração já é comprometida. Em altas temperaturas, isso dificulta a liberação de calor, que acontece através da respiração. Incluídos nesse grupo, estão os Pugs, Bulldog Francês, Boston Terrier, Pequinês, Bulldog Inglês, Shih Tzu, Boxer e Dog de Bordeaux.

Atenção especial:

Pequinês 

Além de braquicefálico, esse cachorro ainda possui os pelos longos, o que acaba lhe rendendo um pouco dos dois problemas. Ao ser tosado, precisa evitar o sol e exercícios, pois podem fazer mal ao coração também.

Lulu da Pomerânia

 Bem peludinho, a pele do Lulu é extremamente sensível. Por isso, pode apresentar eczemas e dermatites, tanto pelo contato com o sol, tanto pela tentativa de molhá-los para amenizar o calor.

Cuidados para o Verão

Ciente de que essa estação pode ser incômoda para seus pet, alguns cuidados podem ser muito importantes para amenizar os sintomas do calor.

Passeio 

Evite passear nos horários mais quente. Se acordar antes do sol não é uma opção para você, guarde as energias para o fim da tarde ou noite. O ideal é evitar temperaturas muito superiores à 21ºc.

Hidratação 

A água é tão importante para os pets como para nós. No verão, incentive-o a beber ainda mais! Tenha sempre vasilhas com água pela casa. Caso passe o dia fora, deixe um cubo de gelo para ir derretendo e mantendo a água fresca. Existe também opções de bebedouro que conseguem manter uma temperatura ideal para o consumo.

Tosa

Apesar da pele ficar exposta, precisando de cuidados, a tosa é fundamental para evitar o calor constante, principalmente em raças de pelos longos. Lembrando que existem protetores especiais para pets super acessíveis! Vale o cuidado.

Ambiente 

Se sua casa fica muito quente durante o dia, considere deixar o ventilador ou ar condicionado ligado para refrescar. Há tapetes térmicos que conseguem manter a temperatura de 5º a 10º abaixo da ambiente, uma boa opção para o descanso do cachorro.  

 

2 Respostas para “Cachorros sofrem com o calor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *