Como montar um aquário: tudo o que você precisa saber

vai montar um aquário? confira como!

Quem sempre quis ter peixinhos em casa pode ter um pouco de dificuldade para começar. Os peixes são animais frágeis, que precisam de todo o apoio para viver bem, já que você que irá proporcionar toda a casa e condições para eles, caso o contrário, poderá levar seu bichinho ao óbito mesmo sem querer.

Por isso, confira informações importantes sobre como montar um aquário! Existe uma variedade de espécies, aquários, filtros, além de recomendações que são preciosas para iniciantes.

 

Escolhendo o aquário

Se você vai começar do zero, saiba que escolher o aquário deve ser o primeiro passo. Antes mesmo de escolher os peixinhos. Isso porque terá um tempo melhor para cuidar da água, da limpeza, preparar o filtro e os adereços por dentro. Ao montar o aquário, preparar o ambiente antes faz com que as colônias de bactérias cresçam saudáveis e estejam prontas para combaterem o aumento excessivo de dejetos que os peixes irão causar.

Além disso, recomenda-se que o aquário seja posicionado longe da exposição a luz solar. Por isso, escolha com atenção onde ele será instalado.

como montar um aquário

 

Tratando a água

O cloro que a nossa água contém é extremamente prejudicial aos peixes. É possível utilizar água da nossa torneira, mas não sem antes trata-la. Nas lojas especializadas existem vários condicionadores de água, que tornarão a água inofensiva para seus peixes. Esse tipo de produto é essencial para quem deseja montar um aquário em casa.

 

Equipamentos

O quanto e quais equipamentos você vai precisar, depende do tamanho do aquário que quer ter. Quanto maior, mais controle é preciso ter sobre as condições de vida dos peixes que vivem ali, e por isso, o uso de filtro, iluminação e termostato podem ser necessários. Avalie com o especialista na hora de indicar qual o tamanho do aquário e quantos peixes podem e irão viver nele.

 

Escolher os peixes certos

Com o aquário pronto, é importante agora escolher os peixes que podem se adaptar e conhecer suas necessidades. Deve-se tomar cuidado com espécies que são predatórias, pois pode resultar em ataques aos outros animais. Por isso, estude quais tipos você pode ter, quais suas diferenciações e se são adequados ao tamanho do seu aquário.

Não introduza muitos novos peixes de uma vez. Tudo depende da ambientação dos animais e de como as bactérias reagem à eles. As bactérias são importantes para eliminar a amônia que eles produzem, e em casa de muitos animais, podem não conseguir lidar com a nova demanda e levando os animais a morte por envenenamento da própria amônia produzida.

 

Manutenção

Agora que você já preparou tudo para a chegada dos seus novos bichinhos, é preciso se comprometer com a manutenção do aquário. Como já comentado, os peixes são animais frágeis e que precisam da água com qualidade. O recomendado é trocar a água de 15 ou de 20 dias.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *