Como adaptar filhotes na casa nova

Adaptação de filhotes na casa nova

Os primeiros dias do seu pet na casa nova são muito importantes para desenvolver uma relação de confiança e afeto. A maneira com que seu bichinho é tratado é essencial também para a construção do seu comportamento.

O que fazer se ele chorar? Ou se recusar comida? Muitos animais se adaptam muito bem nos primeiros dias de convívio, porém outros podem ter bastante dificuldade nesse primeiro tempo. Por isso, confira algumas dicas para a adaptar filhotes na casa nova!

Primeiros dias

A primeira coisa que é preciso saber para levar um filhote para casa é que ele precisa ter, pelo menos, 45 dias de vida. Esse é o período que ele ainda necessita da mãe e da amamentação. A capacidade de socializar começa cedo também, junto aos irmãos.

Ao levar o pet para casa, é importante lembrar que aquele é o primeiro contato do filhote com o mundo. Até o momento, tudo se resumia a mãe e os irmãos. Por isso é natural que tanto gatos quantos cachorros se sintam receosos ao chegarem ao seu novo lar.

É recomendado, nas primeiras noites, ajeitar uma caminha para o pet próximo ao dono para que ele se acostume à nova presença. Deixá-lo sozinho logo de cara pode fazer com que ele chore, fique traumatizado, ou o pior, acostume-se a chorar quando quiser algo.

Por isso, deixe que o filhote fique por perto e, com o tempo, vá levando-o até o local definitivo onde ele irá dormir gradativamente.

 

Cuidados com comida

É normal ficar preocupado com a alimentação do filhote. Porém, é preciso estar atento quanto à quantidade de ração. As medidas adequadas por peso do animal estarão na embalagem da mesma.

Petiscos são bem vindos, mas em porções comedidas.

 

Evitando a destruição da casa

Tantos os gatos quanto os cachorros têm uma necessidade de arranhar e de morder as coisas, o que é completamente natural. O que pode ajudar a evitar que o alvo seja algum pertence importante seu, são brinquedos específicos para serem mordidos e arranhadores para gatos.

Outra coisa que é importante ter em mente é o cuidado com a liberdade do filhote. Assim como crianças, deixá-lo sozinho por muito tempo pode fazer com que procure alguma ‘distração’, que pode ser aquele sapato que deixou perto da porta ou até o forro do sofá.

Por isso, tente ficar sempre de olho enquanto estiver por perto e, quando não puder, tire tudo o que possa ser destruído do alcance.

 

Apresentando o filhote para o mundo

Manter o animal sem contato com o mundo pode ser bem prejudicial para a sociabilidade do pet. Geralmente, os pets estão mais dispostos a serem sociais com outras pessoas e animais, a partir dos três meses. Tentar acostumá-lo com a rua e o carro também ajuda o pet a não ser tão medroso.

Gatos filhotes têm mais facilidade de aceitarem outros animais, sejam eles gatos, cachorros ou outros.

 

7 Replies to “Como adaptar filhotes na casa nova

    1. Boa tarde, Rosa! É normal ter dificuldade para que os cachorros aprendam a fazer suas necessidades no lugar certo. Você pode tentar usar produtos específicos que usam cheiros para incentivar o cachorro a conhecer o lugar de fazer suas necessidades.

    1. Boa tarde, Jussara! Alguns animais podem ter mais dificuldades que os outros para aprender. A dica é continuar insistindo, e caso continue com dificuldade, tentar outro lugar, de outro modo. Caso continue com dificuldade, procure e opinião de um veterinário.
      Abraços

    1. Boa tarde, Clelia! Animais de rua podem ter mais dificuldade em se adaptar a novos lares. Continue mostrando seu afeto que poderá assim conquistar a confiança de sua nova gatinha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *