[Resenha] Entre Quatro Paredes | B. A. Paris

Autora: B. A. Paris

Editora: Record

Valor: R$ 38

Páginas: 266

Quis sair um pouquinho da minha zona de conforto e encarei um suspense, gênero que não lia há um bom tempo. O escolhido da vez foi Entre Quatro Paredes, da autora inglesa B. A. Paris, que até então eu não conhecia. Bem, vamos falar sobre ele?

Sinopse Entre Quatro Paredes

Quem não conhece um casal como Jack e Grace? Ele é atraente e rico. Ela é encantadora e elegante. Ele é um hábil advogado que nunca perdeu um caso. Ela orienta de forma esmerada a casa onde vivem, e é muito dedicada à irmã com deficiência. Jack e Grace têm tudo para serem um casal feliz. Por mais que alguém resista, é impossível não se sentir atraído por eles, a paz e o conforto que a sua casa proporciona e os jantares requintados que oferecem encantam os amigos. Mas não é fácil estabelecer uma relação próxima com Grace… Ela e Jack são inseparáveis.

Para uns, o amor entre eles é verdadeiro. Outros estranham Grace. Por que razão não atende o telefone e não sai à rua sozinha? Como pode ser tão magra, sendo tão talentosa na cozinha? Por que motivo as janelas dos quartos têm grades? Será aquele um casamento perfeito, ou tudo não passará de uma perfeita mentira?

Um thriller brilhante e perturbador, profundamente arrebatador, que se tornou num autêntico fenômeno literário internacional com publicação em mais de 35 países. [site Wook]

Grace sonha com um companheiro dos sonhos, mas sabe que isso pode demorar a chegar quando se leva em conta que ela é a tutora de Millie, sua irmã de quase 18 anos que tem síndrome de Down. Se os dois últimos namorados a deixaram justamente por causa disso, por que o próximo seria diferente? Mas acontece que ele é!

Jack a conquista logo de início (me conquistou também!). Ele acolhe Grace e Millie de um jeito tão cativante que era impossível resistir. Tanta carência suprida por um homem perfeito – por dentro e por fora – nem leva a protagonista a considerar os pedidos que Jack faz: deixar o emprego, casar rápido, lua de mel no lugar escolhido por ele…

Até que a vida de sonho tornada realidade revela um grande pesadelo. E tudo o que as pessoas julgam que Grace faz por amor são, na verdade, ameaças terríveis.

Pontos positivos do livro

A escrita de Paris é muito interessante. Ela intercala os capítulos entre passado e futuro e revela a história de um modo gradativo muito interessante e surpreendente. É impossível listar a avalanche de emoções que nos invade enquanto conhecemos a história de Grace e, principalmente, de Jack. Li o livro em dois dias porque eu realmente precisava saber como Grace ia sair dessa situação.

Outro ponto positivo do livro Entre Quatro Paredes é a narrativa em primeira pessoa, contada por Grace. É pelo olhar dela que percebemos e sentimos a angústia, a aflição e o medo por viver as ameaças de Jack. Aliás, que ameaças! Quando descobrimos as verdadeiras intenções do advogado, o medo gela a espinha. É só aí que entendemos o porquê de Grace não fugir ou contar a alguém o que se passa. Sem dúvida, esse é um dos pontos mais fortes do enredo.

Os detalhes narrados por Grace são tão intensos que por várias vezes eu levei a mão à boca num reflexo de susto e pavor pelo o que ela estava vivendo, por seus sonhos tão ingênuos e tão destruídos. Haja coração disparado! Por mais que eu quisesse manter a esperança, me via, como a Grace, quase sem perspectiva, até que o improvável acontece…

Por fim, a relação de amizade e parceria entre Millie e Grace, um suspiro em meio à tanta agonia. Muito legal o modo como ela assumiu a responsabilidade pela irmã e como conduziu a sua vida pensando no que era melhor para ela.

Pontos negativos

Sim, também encontrei alguns pontos negativos em Entre Quatro Paredes. Ok que nós sabemos que a Grace era prisioneira, mas como as pessoas viam sinais no mínimo suspeitos e achavam tudo lindo? Algumas situações deixaram a sensação de amigos ingênuos.

O desfecho também ficou muito superficial, não acompanhou a densidade de toda a trama. O final merecia algo mais profundo e, apesar de as coisas fazerem sentido, o modo como tudo se desenrolou foi muito rápido e, de algum jeito, estranho.

Em todo caso, valeu a leitura de um tema tão intrigante, doloroso e indigesto como relacionamento abusivo e psicopatia. Entre Quatro Paredes é um livro que merece ser lido. E vocês, já leram o livro? O que acharam? Se não, topam ler? Me contem, eu adoro saber!

4 Respostas para “[Resenha] Entre Quatro Paredes | B. A. Paris

    1. Não achei que ele fosse mudar não, mas esperava algo mais do final. E sim, pelo menos ele teve o que mereceu. Ufa!! Obrigada pela partilha!! Volte sempre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *