100 livros que mudaram a história, segundo a BBC

Lá em 2003, a BBC Cultura pediu a 108 escritores, pesquisadores, jornalistas, críticos e tradutores de 35 países que indicassem cinco livros de ficção que “abalaram o curso da história”. E assim nasceu a lista dos 100 livros que mudaram a história, segundo a BBC. O objetivo, segundo a rede britânica, não é estabelecer uma lista definitiva, mas traçar um ponto de partida para discutir por que algumas narrativas perduram ao longo dos séculos.

A relação trouxe, além de obras clássicas da literatura universal – como a Odisseia, de Homero, que ocupa o primeiro lugar -, contos folclóricos e poemas. Além dessa, também estão na lista meu amado 1984 (George Orwell), Orgulho e Preconceito (Jane Austen), O Senhor dos Anéis (J.R.R. Tolkien), a saga Harry Potter (J.K Rowling) e até nosso brasileiríssimo Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis. Confira a lista completa abaixo.

100 livros que mudaram a história, segundo a BBC

1 — Odisseia (Séc. 8 a.C.), Homero

2 — A Cabana do Pai Tomás (1852), Harriet Beecher Stowe

3 — Frankenstein (1818), Mary Shelley

4 — 1984 (1949), George Orwell

5 — O Mundo se Despedaça (1958), Chinua Achebe

6 — As Mil e Uma Noites (Séc. 8 ao 18), vários autores

7 — Dom Quixote (1605-1615), Miguel de Cervantes

8 — Hamlet (1603), William Shakespeare

9 — Cem Anos de Solidão (1967), Gabriel García Márquez

10 — Ilíada (Séc. 8 a.C), Homero

11 — Amada (1987), Toni Morrison

12 — A Divina Comédia (1308-1320), Dante Alighieri

13 — Romeu e Julieta (1597), William Shakespeare

14 — Epopeia de Gilgamesh (Séc. 22 a.C ao séc.10 a.C.), autor desconhecido

15 — Série Harry Potter (1997-2007), JK Rowling

16 — O Conto da Aia (1985), Margaret Atwood

17 — Ulysses (1922), James Joyce

18 — A Revolução dos Bichos (1945), George Orwell

19 — Jane Eyre (1847), Charlotte Brontë

20 — Madame Bovary (1856), Gustave Flaubert

21 — Romance dos Três Reinos (1321-1323), Luo Guanzhong

22 — Jornada ao Oeste (1592), Wu Cheng’en

23 — Crime e Castigo (1866), Fyodor Dostoyevksy

24 — Orgulho e Preconceito (1813), Jane Austen

25 — Margem da Água (1589), Shi Nai’an

26 — Guerra e Paz (1865-1867), Lev Tolstoy

27 — O Sol é Para Todos (1960), Harper Lee

28 — Vasto Mar de Sargaços (1966), Jean Rhys

29 — Fábulas de Esopo (séc.620 a.C. ao séc.680 a.C.), Esopo

30 — Cândido, ou O Otimismo (1759), Voltaire

31 — Medeia (431 a.C.), Eurípides

32 — Mahabharata (séc. 4 a.C.), Vyasa

33 — Rei Lear (1608), William Shakespeare

34 — Genji Monogatari (1021), Murasaki Shikibu

35 — Os Sofrimentos do Jovem Werther (1774), Johann Wolfgang von Goethe

36 — O Processo (1925), Franz Kafka

37 — Em Busca do Tempo Perdido (1913-1927), Marcel Proust

38 — Morro dos Ventos Uivantes (1847), Emily Brontë

39 — Homem Invisível (1952), Ralph Ellison

40 — Moby Dick (1851), Herman Melville

41 — Seus Olhos Viam Deus (1937), Zora Neale Hurston

42 — Ao Farol (1927), Virginia Woolf

43 — A Verdadeira História de AQ (1921-1922), Lu Xun

44 — Alice no País das Maravilhas (1865), Lewis Carroll

45 — Anna Kariênina (1873-1877), Lev Tolstói

46 — Coração das Trevas (1899), Joseph Conrad

47 — Monkey Grip (1977), Helen Garner

48 — Mrs Dalloway (1925), Virginia Woolf

49 — Édipo Rei (429 a.C.), Sófocles

50 — A Metamorfose (1915), Franz Kafka

51 — Oresteia (séc.5 a.C.), Ésquilo

52 — Cinderela (autor e data desconhecidos)

53 — Uivo e Outros Poemas (1956), Allen Ginsberg

54 — Os Miseráveis (1862), Victor Hugo

55 — Middlemarch (1871-1872), George Eliot

56 — Pedro Páramo (1955), Juan Rulfo

57 — Amantes Borboletas (autor e data desconhecidos)

58 — Os Contos de Cantuária (1387), Geoffrey Chaucer

59 — Panchatantra (300 a.C.), Vishnu Sharma

60 — Memórias Póstumas de Brás Cubas (1881), Machado de Assis

61 — Primavera da Srta. Jean Brodie (1961), Muriel Spark

62 — The Ragged-Trousered Philanthropists (1914), Robert Tressell

63 — Canção de Lawino (1966), Okot p’Bitek

64 — O Carnê Dourado (1962), Doris Lessing

65 — Os Filhos da Meia-Noite (1981), Salman Rushdie

66 — Nervous Conditions (1988), Tsitsi Dangarembga

67 — O Pequeno Príncipe (1943), Antoine de Saint-Exupéry

68 — O Mestre e Margarida (1967), Mikhail Bulgakov

69 — Ramáiana (Séc.11 a.C.), Valmiki

70 — Antígona (441 a.C.), Sófocles

71 — Drácula (1897), Bram Stoker

72 — A Mão Esquerda da Escuridão (1969), Ursula K. Le Guin

73 — Um Conto de Natal (1843), Charles Dickens

74 — América (1980), Raúl Otero Reiche

75 — Diante da Lei (1915), Franz Kafka

76 — Children of Gebelawi (1967), Naguib Mahfouz

77 — Il Canzoniere (1374), Petrarca

78 — Kebra Nagast (1322), Vários autores

79 — Mulherzinhas (1868-1869), Louisa May Alcott

80 — Metamorfoses (8 d.C.), Ovídio

81 — Omeros (1990), Derek Walcott

82 — Um Dia na Vida de Ivan Denisovich (1962), Alexander Soljenítsin

83 — Orlando: Uma biografia (1928), Virginia Woolf

84 — A Serpente e o Arco-íris (lenda indígena australiana, data e autor desconhecidos)

85 — Foi Apenas um Sonho (1961), Richard Yates

86 — Robinson Crusoé (1719), Daniel Defoe

87 — Canção de Mim Mesmo (1855), Walt Whitman

88 — As Aventuras de Huckleberry Finn (1884), Mark Twain

89 — As Aventuras de Tom Sawyer (1876), Mark Twain

90 — O Aleph (1945), Jorge Luis Borges,

91 — O Camponês Eloquente (história egípcia antiga, data e autor desconhecidos)

92 — A Roupa Nova do Rei (1837), Hans Christian Andersen

93 — A Selva (1906), Upton Sinclair

94 — The Khamriyyat (séc.9), Abu Nuwas,

95 — Marcha de Radetzky (1932), Joseph Roth

96 — O Corvo (1845), Edgar Allan Poe

97 — Os Versos Satânicos (1988), Salman Rushdie

98 — A História Secreta (1992) Donna Tartt

99 — Um dia de Neve (1962), Ezra Jack Keats

100 — Toba Tek Singh (1955), Saadat Hasan Manto

Desafio de seis livros da BBC

Claro que essa lista deixou leitores ao redor do mundo com a pulga atrás da orelha, porque se tem uma coisa que a gente ama, é desafio de livros. Assim sugriu o desafio de seis livros da BBC, que, apesar de não ter nada a ver com a emissora, tampouco repetir todos os livros, trouxe uma nova lista, inspirada nessa acima, e afirmou que, dessa lista, ninguém leu mais do que seis obras. Eu fiquei um pouco acima desse número, mas na média que vi a maioria das pessoas: em torno de 10. Bem, os cem livros do desafio são (de novo, deixei assinalados os que eu li).

1 — Orgulho e Preconceito (1813), Jane Austen

2 — O Senhor dos Anéis (1954), J. R. R. Tolkien

3 — Jane Eyre (1847), Charlotte Brontë

4 — Harry Potter e a Pedra Filosofal (1997), J. K. Rowling

5 — O Sol é Para Todos (1960), Harper Lee

6 — Bíblia Sagrada

7 — O Morro dos Ventos Uivantes (1847), Emily Brontë

8 — 1984 (1949), George Orwell

9 — Kit Fronteiras do Universo, Philip Pullman (1995-2000)

10 — Grandes Esperanças (1861), Charles Dickens

11 — Mulherzinhas (1869), Louisa May Alcott

12 — Tess dos D’Urbervilles (1892), Thomas Hardy

13 — Ardil-22 (1961), Joseph Heller

14 — A Peste (1947), Albert Camus

15 — Rebecca: a Mulher Inesquecível (1938), Daphne du Maurier

16 — O Hobbit (1937), J. R. R. Tolkien

17 — O Canto do Pássaro (1993), Sebastian Faulks

18 — O Apanhador no Campo de Centeio (1951), J. D. Salinger

19 — A Mulher do Viajante no Tempo (2003), Audrey Niffenegger

20 — Middlemarch: Um Estudo da Vida na Província (1871), George Eliot

21 — E o Vento Levou (1936), Margaret Mitchell

22 — O Grande Gatsby (1925), F. Scott Fitzgerald

23 — A Casa Soturna (1853), Charles Dickens

24 — Guerra e Paz (1867), Lev Tolstói

25 — O Guia do Mochileiro das Galáxias (1979), Douglas Adams

26 — Reviver o Passado em Brideshead (1945), Evelyn Waugh

27 — Crime e Castigo (1866), Fiódor Dostoiévski

28 — As Vinhas da Ira (1939), John Steinbeck

29 — Alice no País das Maravilhas (1865), Lewis Carroll

30 — O Vento nos Salgueiros (1908), Kenneth Grahame

31 — Anna Kariênina (1877), Lev Tolstói

32 — David Copperfield (1850), Charles Dickens

33 — Nada de Novo no Front (1929), Erich Maria Remarque

34 — Emma (1815), Jane Austen

35 — Persuasão (1817), Jane Austen

36 — O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa (1950), C. S Lewis

37 — O Caçador de Pipas (2003), Khaled Hosseini

38 — O Bandolim de Corelli (1994), Louis de Bernières

39 — Memórias de uma Gueixa (1997), Arthur Golden

40 — Ursinho Pooh (1921), Alan Alexander Milne

41 — A Revolução dos Bichos (1945), George Orwell

42 — O Código Da Vinci (2006), Dan Brown

43 — Cem Anos de Solidão (1967), Gabriel García Márquez

44 — Folhas de Relva (1855), Walt Whitman

45 — A Mulher de Branco (1860), Wilkie Collins

46 — Anne de Green Gables (1908), Lucy Maud Montgomery

47 — Longe Deste Insensato Mundo (1874), Thomas Hardy

48 — O Conto da Aia (1985), Margaret Atwood

49 — O Senhor das Moscas (1954), William Golding

50 — Reparação (2001), Ian McEwan

51 — A Vida de Pi (2001), Yann Martel

52 — Duna (1965), Frank Herbert

53 — Fazenda Maldita (1932), Stella Gibbons

54 — Razão e Sensibilidade (1811), Jane Austen

55 — Um Rapaz Adequado (1993), Vikram Seth

56 — A Sombra do Vento (2001), Carlos Ruiz Zafón

57 — Um Conto de Duas Cidades (1859), Charles Dickens

58 — Admirável Mundo Novo (1932), Aldous Huxley

59 — O Estranho Caso do Cachorro Morto (2003), Mark Haddon

60 — O Amor nos Tempos do Cólera (1985), Gabriel García Márquez

61 — Ratos e Homens (1937), John Steinbeck

62 — Lolita (1955), Vladimir Nabokov

63 — A História Secreta (1992), Donna Tartt

64 — Rumo ao Farol (1927) Virginia Woolf

65 — O Conde de Monte Cristo (1845), Alexandre Dumas

66 — On the Road (1957), Jack Kerouac

67 — Judas, O Obscuro (1895), Thomas Hardy

68 — O Diário de Bridget Jones (1996), Helen Fielding

69 — Os Filhos da Meia-Noite (1981), Salman Rushdie

70 — Moby Dick (1851), Herman Melville

71 — Oliver Twist (1838), Charles Dickens

72 — Drácula (1897), Bram Stoker

73 — O Jardim Secreto (1911), Frances Hodgson Burnett

74 — Crônicas de Uma Pequena Ilha (1995), Bill Bryson

75 — Ulisses (1922), James Joyce

76 — A Redoma de Vidro (1963), Sylvia Plath

77 — Pergunte ao Pó (1939), John Fante

78 — Germinal (1885), Émile Zola

79 — A Feira das Vaidades (1847), William Makepeace Thackeray

80 — Possessão (1992), Antonia Susan Byatt

81 — Um Conto de Natal (1843), Charles Dickens

82 — Atlas das Nuvens (2004), David Mitchell

83 — A Cor Púrpura (1982), Alice Walker

84 — Os Vestígios do Dia (1989), Kazuo Ishiguro

85 — Madame Bovary (1856), Gustave Flaubert

86 — Memórias de Adriano (1951), Marguerite Yourcenar

87 — A Teia de Charlotte (1952), Elwyn Brooks White

88 — As Cinco Pessoas que Você Encontra no Céu (2003), Mitch Albom

89 — As Aventuras de Sherlock Holmes (1892), Arthur Conan Doyle

90 — A Casa da Árvore Oca (1939-1951), Enid Blyton

91 — Coração das Trevas (1899) Joseph Conrad

92 — O Pequeno Príncipe (1943), Antoine de Saint-Exupéry

93 — Fábrica de Vespas (1984), Iain M. Banks

94 — Em Busca de Watership Down (1972), Richard Adams

95 — Uma Confraria de Tolos (1980), John Kennedy Toole

96 — A Náusea (1938), Jean-Paul Sartre

97 — Os Três Mosqueteiros (1844), Alexandre Dumas

98 — Hamlet (1609), William Shakespeare

99 — A Fantástica Fábrica de Chocolate (1964), Roald Dahl

100 — Os Miseráveis (1962), Victor Hugo

 

Agora eu quero saber de vocês: quantos livros que mudaram a história já leram? E da lista do desafio? Comentem aqui!

2 Respostas para “100 livros que mudaram a história, segundo a BBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *