Orgasmo x Vida Profissional

Compartilhe esta notícia

Segundo estudos de Jim Pfaus, neurocientista e especialista em sexualidade feminina da Universidade de Concórdia, no Canadá, afirmam em suas pesquisas que a dopamina liberada durante o orgasmo, está ligada ao desenvolvimento da liderança e da confiança. Ou seja, se os níveis desse hormônio estiverem bem ativos, sua autoestima estará nas alturas, assim como sua criatividade e sociabilidade. Além disso, você terá opiniões mais fortes, vai conseguir impor limites claros e sentirá orgulho de seu próprio trabalho. Quem diria! A frase “quem goza é mais feliz”, passou a fazer até mais sentido.

E realmente a dopamina, é hormônio do prazer e quando liberada causa uma grande sensação de bem-estar, presente em vários momentos incluindo o orgasmo. E desde uma pesquisa de Universidade Rutgers, em Nova Jersey, foi diagnosticada a melhoria de níveis cerebrais. Ainda sabemos que toda dopamina liberada, temos um auxílio ao combate ao stress, por isso o orgasmo é encarado como válvula de escapa paras alguns homens.

Por isso o orgasmo é tão poderoso, acredito que quem o conhece tem a vida mais leve, sem tanto medo, amargura e sem tanto mimimi. E quem tem uma vida sexual mais plena, geralmente conseguem mais destaque com liderança e confiança, podendo assim ter mais sucesso profissional, liberalidade e autoestima.

Se não estiver transando o quanto gostaria, ainda assim é possível manter o nível de dopamina em equilíbrio. Crie uma rotina de exercícios físicos; coloque reserve um tempo para viver momentos que serão somente seus, como um banho relaxante; sempre encontre os amigos; coma algo do qual goste muito e faça algo que te dê prazer com mais frequência… Com sexo ou sem sexo, seus medos ficam sob controle e seu poder pessoal aumenta. E quando começar a sentir o pode fazer, ninguém irá te segurar.

Infelizmente fazemos parte de uma sociedade, muitas vezes machista. Muitas mulheres se sentem na obrigação de dar prazer ao marido, e nisso acaba fingindo o prazer (orgasmo). E esse é um grande erro, não finja, por mais difícil que seja, fale a verdade.

Quantas pessoas acham que sexo é só́ penetração, e pronto. E confesso, a maior parte das mulheres não curtem isso. A gente gosta de um carinho, um elogio, um cuidado. Não estou dizendo do carinho ridículo que é feito quando um homem quer sexo, esse faz qualquer mulher se sentir um objeto, faz o orgasmo se tornar impossível. Estou falando do carinho no dia a dia, do toque físico (que não é no seio, nem no bumbum, e muito menos na genitália), estou falando de carinho de verdade, carinho sincero, um abraço, um beijo, uma cheirada no pescoço, um toque que dele exala cuidado. Uma atenção, de ouvir e falar, de corresponder a mulher amada, não é dizer que estive com você̂ o tempo todo ou do seu lado, porque as vezes as palavras ditas destilaram veneno na alma. Mas estou falando de uma conversa que algumas mulheres precisam e desejam, muitas vezes elas só querem uma ideia, ou apenas querem compartilhar algo e ouvir uma opinião. E isso nem sempre acontece.

O que é fato, que todas nós mulheres queremos, é um amor de verdade, queremos sentir um amor que valha a pena compartilhar uma vida, e de tabela sentir um poderoso orgasmo.

Sempre com novidades no @virginia.pelles 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *