O que é orgasmo?

Primeiramente, o que é orgasmo? Podemos afirmar que é a satisfação sexual ou ponto máximo da excitação sexual, o clímax, pico do prazer, tanto no homem como na mulher, seguida de uma enorme sensação de relaxamento e bem estar. É uma das fases do ciclo da resposta sexual humana, para que ele aconteça, na maioria das vezes, deve ser precedido do desejo e da excitação.

De uma forma bem, mas bem resumida, o “desejo” é a vontade de fazer sexo, uma “situação mental”, que pode ser estimulada pela visão, tato, olfato, audição ou mesmo paladar. Por isso, os sentidos são tão importantes na hora do sexo. E a “excitação”, é a resposta corporal ao desejo, onde nas mulheres há lubrificação vaginal e intumescimento do clitóris, nos homens ereção (endurecimento) do pênis. Podemos observar vários outros sinais, que variam de pessoa para pessoa, por conta de sermos únicos, portanto vamos ficar resumidamente nos principais.

E o orgasmo é secundário a essas fases, podemos dizer que são contrações nos músculos da região pélvica que ficam ao redor da vagina, pênis e ânus, cientificamente chamados de musculatura do assoalho pélvico, que dura apenas alguns segundos. É semelhante a uma sensação de “pulsação” ou “piscando”. São contrações rítmicas, involuntárias, ou seja, não podemos controlar. Associada a uma intensa sensação de prazer, a maior que acontece durante o ato sexual. Por isso que se diz que está “gozando”, ou seja, tendo uma sensação muito agradável. Lembrando que orgasmo não é sinônimo de ejaculação. Por isso iremos nos ater ao orgasmo.

O orgasmo é uma sensação, por conta disso podemos afirmar que está mais ligado ao psicológico, ao fato de ser sentir, ao ser sensitivo, ao se permitir a sentir, e depois vem à parte física. E um sinônimo um tanto comum é o “gozar”, que está diretamente ligado a uma sensação sentida. Por isso, é importante se concentrar no ato sexual, pois qualquer desvio de pensamento e de concentração pode retardar ou prejudicar essa fase da relação sexual.

E caso você não consiga ter o orgasmo, devemos investigar as questões físicas, mas principalmente, emocionais e psicológicas. Deve sim procurar um profissional de saúde, desde médicos ginecologistas (para mulheres), urologistas ou andrologistas (para homens), psicólogos e fisioterapeutas pélvicos especialistas em sexualidade, terapeutas sexuais, pois deve se investigar as causas que podem ser orgânicas, clínicas do corpo (como alterações hormonais, inflamações, infecções, entre outros). A terapia sexual, com um profissional graduado e especializado, na área ajuda bastante também. E detalhe, para alcançar orgasmos você já nem precisa sair mais de casa, muitos profissionais já realizam atendimento online.

E o grande aliado das mulheres no orgasmo, é o clitóris ou grelo, uma parte visualmente localizada acima da uretra, mas o que se vê é apenas a ponta do iceberg. Ele circunda toda parte superior e laterais do óstio vaginal, o formato dele é semelhante ao Y invertido, e a parte que geralmente fica visível, é apenas a pontinha desse Y.   O que sabemos é que tudo é orgasmo, com grande participação ou até mesmo exclusiva participação do clitóris. Apenas uma parte do público feminino consegue estimular o clitóris com a penetração, e pode se dizer que aproximadamente 75% a 80% das mulheres necessitam de um estímulo diretamente no clitóris, para ser ter o orgasmo na hora da penetração. Não existe uma receita para o prazer, o que se precisa é se descobrir e praticar bastante.

4 Respostas para “O que é orgasmo?

  1. Olá, bem esclarecedor!
    Só consigo ter orgasmo com toque direto no clitóris. Nunca tive com penetração. Tbm não consigo ter com o meu marido fazendo as carícias. Só com o auto toque. Às vezes fico na dúvida, se mesmo sendo durante relação com o meu marido, se essa forma de se atingir o orgasmo seria uma masturbação. Poderia me esclarecer?
    Paz do Senhor

    1. A paz, amada.
      A Masturbação é um estimulação manual dos órgãos genitais que pode levar ao orgasmo. Um texto que muitos usam para condenar essa ato é quando Paulo escreve em coríntios, que todas as coisas são lícitas, mas, nem todas te convêm. Mas trazendo para os dias atuais, vejo a masturbação com a utilização de parafilias, como por exemplo a pornografia, como algo condenável, e não esse auto toque durante a relação com seu marido.
      Espero ter ajudado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *