Duda Reis e Nego do Borel: Relacionamento Abusivo

Vamos analisar por alguns ângulos e algumas situações atuais, uma delas é a o término da relação de Nego do Borel e Duda Reis. Iremos avaliar pelo ângulo da traição (https://www.folhavitoria.com.br/geral/blogs/virginia-pelles/2021/01/15/duda-reis-e-nego…-borel-a-traicao/ ‎), a aparência de ser um relacionamento abusivo, o fato bem marcante de um aspecto narcisista, e o comportamento “agressivo” (pelo que foi relatado por ela).

Agora a bola da vez será o relacionamento abusivo, o que aparenta ser. Lembrando que é uma análise do que ambos tem postado em suas redes sociais. O relacionamento abusivo, tem como característica um excesso de demonstração de afeto e “amor” intensa, na maioria das vezes depois de episódios brigas, humilhação, cobranças ou mesmo crise de ciúmes.

Outra característica marcante de um relacionamento abusivo é a cobrança sutil de mudanças no comportamento, que são as críticas destrutivas, mas colocadas em um diálogo disfarçado de aconselhamento e orientação repleta de cuidados, algumas vezes até bem moralistas e deixando nítida a postura de vítima do abusador. Fica aqui uma pergunta: Se você precisa mudar tanto a ponto de se anular, será que está com a pessoa certa?

Uma situação recorrente desse tipo de relacionamento é sempre se colocar como alguém que tolera “tudo”, e coloca a vítima na condição que “jamais irá encontrar alguém tão bom ou que suporte tudo”. Demonstrando sempre carinho e preocupação, o abusador muitas vezes é um excelente “cuidador”, mas que cobra caro indiretamente esse cuidado.

Muitas vezes é difícil de perceber o relacionamento abusivo por conta do “excesso de amor e afeto” e “cuidado” por parte do abusador. A vítima se sente cada vez mais presa e envolvida, acreditando que a saída é se anular, pois não vê o término como uma saída eficaz. Muitas vezes tema que aja uma agressão física, pois na maioria dos casos já está acontecendo a agressão emocional.

E o jogo do abusador oscilando de encantador a agressor confunde a vítima, deixando todos os sentimentos e emoções em dúvida. Agora se sua opinião ou gosto é criticado, se ele te faz se sentir culpada por tudo que faz com você (até pela agressividade); se vigia sua rede social e controla suas amizades; controla sua vida financeira; te coloca contra sua família; manifesta ciúmes a toa; pede desculpas e diz que vai mudar; se diz que você é “louca” a ponto de questionar a sua sanidade mental e a cada dia que passa te deixa mais insegura e com medo… Você de fato está vivendo um relacionamento abusivo.

Não se submeta as chantagens, nem permita que se acabe seu amor próprio e autoestima, procure ajuda de um profissional habilitada ou de um familiar mais próximo. O abuso é algo de muito prazer para o abusador e assim como você ele também precisa de ajuda. Dificilmente quem abusa reconhece o abuso, por isso é difícil acreditar na mudança, e muitas vezes o caminho mais seguro é sair dessa relação. Pense nisso!

Sempre tem novidades por aqui, pelo @virginia.pelles e no Canal no YouTube Virginia Pelles. E para maiores informações, eis me aqui, Virginia Pelles https://www.virginiapelles.com.br .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *