Aos 24 anos, surfista Ricardinho morre em Santa Catarina

Geral

Aos 24 anos, surfista Ricardinho morre em Santa Catarina

Redação Folha Vitória

São Paulo - Pouco tempo depois de ser submetido à quarta cirurgia, o surfista Ricardo do Santos, de 24 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu nesta terça-feira, 20, no Hospital Regional de São José, em Santa Catarina. O atleta estava internado na Unidade de Terapia Intensiva desde ontem após levar três tiros ao discutir com um policial militar em frente a sua casa, na Guarda do Embaú, em Palhoça.

A confusão teve início quando o avô de Ricardinho solicitou que Luiz Brentano retirasse o automóvel estacionado na porta da casa do atleta para dar sequência a uma reforma. O policial teria se negado a atender o pedido. Quando o surfista foi tirar satisfações sobre o desentendimento, levou três tiros no tórax e no abdômen.

O policial militar Luiz Brentano foi preso em flagrante por tentativa de homicídio, junto de seu irmão, que também teria participado da ação. O profissional pertence ao 8º batalhão de Joinville e estava de folga. Ele alega legítima defesa e afirma que efetuou os disparos após ser ameaçado. A polícia segue investigando o caso.