Presidente sírio visita soldados pró-governo na véspera do Ano Novo

Geral

Presidente sírio visita soldados pró-governo na véspera do Ano Novo

Redação Folha Vitória

Damasco - O presidente sírio, Bashar Assad, fez uma rara visita à linha de frente da guerra civil no país. Ele passou a véspera de Ano Novo com suas tropas em um bairro tenso no leste de Damasco, informou a mídia estatal nesta quinta-feira.

Assad raramente aparece em público desde que a revolta contra o governo de quatro décadas de sua família começou em março de 2011 com protestos pacíficos. Ele foi visto pela última vez em 20 abril de 2014, em uma visita ao povoado cristão Maaloula, no norte de Damasco após as forças do governo retomarem a cidade.

Imagens da rede de televisão do governo mostraram Assad jantando feijão e batatas cozidas com os soldados e milicianos pró-governo na quarta-feira no bairro Jobar, que tem visto intensos combates nos últimos meses entre tropas e combatentes da oposição.

"Na véspera de Ano Novo as famílias se reúnem, mas vocês decidiram estar aqui para proteger nosso país", disse Assad às tropas com tiroteios esporádicos ao fundo. "Eu gosto de estar com vocês nesta ocasião", completou.

Tropas sírias têm lutado contra rebeldes em Jobar desde 2013 e, de acordo com a mídia estatal, as forças do governo têm avançado recentemente. A visita de Assad aconteceu após rebeldes dispararem quase duas dezenas de morteiros em Damasco, segundo moradores. Não ficou claro se houve vítimas do ataque.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos disse, também nesta quinta-feira, que 76.021 pessoas foram mortas em 2014, incluindo cerca de 17.800 civis. De acordo com o grupo, que tem uma rede de ativistas em todo o país, os mortos incluem 22.600 soldados e combatentes pró-governo. Fonte: Associated Press.