Autoridade síria diz que Assad não aceitará negociar com grupos terroristas

Geral

Autoridade síria diz que Assad não aceitará negociar com grupos terroristas

Redação Folha Vitória

Genebra - O ministro da Informação da Síria, Omar al-Zoubi, disse neste domingo que o governo do presidente Bashar Assad "nunca irá aceitar a remoção de dois grupo militares da lista de organizações terroristas impedidas a participarem das negociações de paz".

O Ahrar al-Sham e o Exército do Islã, dois grupos islâmicos que lutam para derrubar

Assad, concordaram em participar das negociações de paz patrocinada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em Genebra, na Suíça. Mas o governo sírio e a sua aliada Rússia enxergam esses grupos como terroristas que devem ser excluídos do processo, juntamente com o Estado Islâmico e a afiliada local da Al-Qaeda, a Frente Nusra.

Comentários de al-Zoubi à televisão estatal na noite de sábado ocorreu enquanto a delegação da oposição viajava para Genebra. A delegação nomeou Mohammed Alloush como chefe negociador do Exército do Islã. A maioria dos partidos concordam que a Nusra Frente deve ser excluída das negociações. Fonte: Associated Press.