Professor constrói casa em Guaçuí com tecnologia utilizada pela Nasa

Geral

Professor constrói casa em Guaçuí com tecnologia utilizada pela Nasa

A parede da casa tem 40 centímetros de espessura, com conforto térmico e acústico que controla a umidade interna e externa porque é construída de terra crua

A casa redonda atrai visitantes ao município de Guaçuí Foto: Taynara Pirovani

O professor e ambientalista André Siqueira, de Guaçuí, decidiu criar uma casa sustentável e tem atraído diversos curiosos ao local batizado de “Ponto Nascente”, que oferece educação ambiental, técnicas de construção ecológica, saneamento ecológico e alimentação consciente. 

Entre as construções, a que mais desperta a curiosidade no Ponto Nascente é a casa redonda, uma tecnologia projetada pela Agência Espacial Americana (NASA), hoje construída pelo Exército norte-americano, resistente a terremotos e que permanece erguida há 400 anos. André construiu e reside em uma delas. O espaço está aberto à visitação. 

A parede da casa tem 40 centímetros de espessura, com conforto térmico e acústico que controla a umidade interna e externa porque é construída de terra crua. Além disso, casa reconhece e se adéqua as mudanças de temperatura interna do ambiente. Localizada no centro de uma cidade de aproximadamente 35 mil habitantes, Guaçuí. 

A preocupação com a perda da biodiversidade motivou uma de suas criações: um modelo holandês de vaso ecológico seco, onde nenhuma água é desperdiçada após o uso, pois, o sanitário é seco. Sendo assim, não se produz esgoto.

O professor e ambientalista monitora as visitas ao local Foto: Taynara Pirovani 

“Eu faço o que precisa ser feito e, em vez de dar a descarga eu despejo serragem no fundo do vaso. A partir da umidade e da temperatura, essa mistura vai se decompor e virar adubo, que serve de alimento para minha horta e para minhas plantas”, afirmou André. 

O trunfo certeiro para a criação desse vaso seco é a não poluição e a regeneração do ecossistema, pois, o composto não é um vetor de proliferação e tem como base matéria orgânica. 

As visitas no Ponto Nascente são monitoradas por André e a maioria dos visitantes é alunos de escolas da região e grupos familiares. “Eu repasso aos visitantes toda a importância de ser um filho melhor para a mãe terra”, destaca André.

Como chegar: 
Endereço: Avenida Agenor Luiz Thomé, próximo ao Parque de Exposição de Guaçuí, centro da cidade.
Quando visitar: As visitas são agendadas pelo telefone: (28) 3553-3259