Ford critica decreto de Trump que impede entrada de imigrantes nos EUA

Geral

Ford critica decreto de Trump que impede entrada de imigrantes nos EUA

Redação Folha Vitória

Nova York - Dirigentes da Ford condenaram o decreto do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que restringe a entrada em solo americano de imigrantes de sete países. Em uma declaração conjunta, o presidente, Bill Ford, e o CEO, Mark Fields, descreveram a política como "contrária aos nosso valores como empresa".

"O respeito por todas as pessoas é um valor fundamental da Ford Motor Company, e estamos orgulhosos da rica diversidade de nossa empresa em todo o mundo", disseram os dirigentes da Ford no comunicado. "É por isso que não apoiamos essa política", afirmaram.

A Ford não tem funcionários afetados pela proibição, mas a empresa é sediada em Dearborn, um subúrbio de Detroit, que é densamente povoado por imigrantes do Oriente Médio, incluindo muitos dos países de maior muçulmana que foram alvos do decreto de Trump. Fonte: Dow Jones Newswires.