• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Nove secretários escolhidos por Trump serão sabatinados no Senado nesta semana

Geral

Nove secretários escolhidos por Trump serão sabatinados no Senado nesta semana

São Paulo - Nesta semana, nove secretários escolhidos pelo presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, serão sabatinados pelo Congresso americano para poderem assumir seus postos no gabinete do bilionário. Entre eles, estão Rex Tillerson, da Secretaria de Estado, e Wilbur Ross, da Secretaria do Tesouro.

Na terça-feira, 10, o senador Jeff Sessions, nomeado por Trump para o cargo de procurador-geral, será sabatinado pelo Comitê Jurídico do Senado a partir das 12h30, numa entrevista que deve continuar no dia seguinte. Ainda no dia 10, o general aposentado John Kelly, que foi escolhido para a Segurança Nacional, será sabatinado a partir das 18h30 no Comitê de Segurança Nacional e Assuntos Governamentais.

Na quarta-feira, 11, o Senado irá fazer uma entrevista com Rex Tillerson, o escolhido de Trump para a Secretaria de Estado. Tillerson, que abdicou da presidência da ExxonMobil, começará a ser sabatinado às 12h no Comitê de Relações Exteriores do Senado, e a sessão pode continuar no dia seguinte. Às 13h, Betsy DeVos, escolhida para a Educação, será sabatinada no Comitê de Saúde, Educação, Emprego e Pensões. Às 13h15, será a vez de Elaine Chao, dos Transportes, que irá comparecer no Comitê de Comércio, Ciências e Transporte do Senado.

Na quinta-feira, 12, Wilbur Ross, escolhido de Trump para o Tesouro, será entrevistado no Comitê de Comércio, Ciências e Transporte do Senado a partir das 13h. No mesmo horário, o nomeado para a Habitação e Desenvolvimento Urbano, Ben Carson, será sabatinado no Comitê de Habitação e Assuntos Urbanos.

Andy Puzder, o escolhido para a Secretaria do Trabalho, deve ser sabatinado no dia 12, mas ainda não há uma confirmação para o evento. Já Mike Pompeo, nomeado para ser diretor da CIA, deve ser entrevistado na quarta-feira, 11, no Comitê de Inteligência do Senado, ainda sem confirmação de horário. Todos os horários são de Brasília.