Procuradores alemães indiciam paquistanês acusado de espionagem

Geral

Procuradores alemães indiciam paquistanês acusado de espionagem

Redação Folha Vitória

Berlim - Procuradores alemães indicaram um homem paquistanês acusado de espionagem por uma agência de inteligência do Irã. Segundo os procuradores, o homem de 31 anos, identificado como Syed Mustufa, estava em contato com agências de espionagem desde 2011.

Em uma declaração, os procuradores disseram que Mustufa começou a espionar o ex-líder de um grupo que promove as relações entre a Alemanha e Israel até julho de 2015. Ele teria recebido dinheiro em troca da transmissão de informações obtidas pelo antigo chefe da Sociedade Germano-Israelense.

Caso condenado, o suspeito poderá enfrentar até cinco anos de prisão. Fonte: Associated Press.