• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Praça Visconde de Matosinhos começa a ser revitalizada

  • COMPARTILHE
Geral

Praça Visconde de Matosinhos começa a ser revitalizada

Trilhos, dormentes e um carrinho usado pelos ferroviários receberão tratamento especial, num esforço pela preservação da memória da atividade ferroviária no município

Foto: Divulgação/PMCI

A revitalização da praça Visconde de Matosinhos, nas proximidades do Museu Ferroviário Domingos Lage (antiga estação), começou. O espaço vai ganhar calçada para atender ao grande fluxo de pedestres na região, paisagismo com plantas e outros elementos ornamentais, melhorias na iluminação e um ponto de apoio para órgãos de segurança e serviços de emergência.

O projeto ainda prevê um resgate histórico, conferindo maior destaque às peças remanescentes do viradouro da antiga ferrovia aterrado no local. Trilhos, dormentes e um carrinho usado pelos ferroviários receberão tratamento especial, num esforço pela preservação da memória da atividade ferroviária no município. A fase atual dos serviços é de concretagem do novo passeio. 

Espaços revitalizados

A revitalização de espaços públicos de Cachoeiro foi intensificada em 2018, com a reforma de 17 quadras e ginásios esportivos e a instalação de quatro novas academias ao ar livre do projeto Espaço Viva Mais em praças dos bairros Aeroporto e Paraíso e dos distritos de Itaoca e Soturno. No bairro Arariguaba, a Praça da Paz recebeu nova pintura e melhorias no paisagismo, assim como o canteiro central da avenida Francisco Lacerda de Aguiar, em toda a sua extensão.

Neste mês, estão em curso as obras da primeira etapa da requalificação urbana da rua Capitão Deslandes. Nessa fase, será feita a substituição do pavimento da via. O asfalto vai dar lugar a blocos intertravados de concreto, garantindo benefícios como a redução da temperatura ambiente em até 5 graus; a diminuição da velocidade dos veículos, oferecendo mais segurança aos pedestres, muito numerosos em função do comércio no local; manutenção mais fácil e maior durabilidade do pavimento; além da maior permeabilidade, que reduz riscos de alagamentos e não sobrecarrega o sistema de drenagem. A segunda etapa do projeto é a revitalização das calçadas.