• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Alimentos arrecadados nos shows de Guarapari são enviados para o Sul do estado

Conexão verão

Geral

Alimentos arrecadados nos shows de Guarapari são enviados para o Sul do estado

Cerca de 10 toneladas de mantimentos foram doados pelo público nos shows realizados no último fim de semana no Multiplace Mais e no Café de La Musique

Vitor Moreno Goes Martins

Redação Folha Vitória
Foto: Assessoria comunicação
Alimentos, água e produtos de limpeza doados em shows em Guarapari

A forte chuva que atingiu o Espirito Santo no último final de semana deixou vários municípios do Sul do estado em situação de emergência. Um dos mais atingidos foi Iconha, a situação por lá ainda permanece grave. Diversas casas às margens do Rio Iconha foram destruídas e nas principais vias da cidade ainda há muita lama, inclusive dentro dos estabelecimentos comerciais.

Em solidariedade as famílias que moram na região e ficaram desabrigadas, uma verdadeira rede de solidariedade se formou em todo o estado. Várias mobilizações foram feitas e doações entregues durante o final de semana.

Após campanha da Brava Entretenimento, foram arrecadados nos shows desse último final de semana (17 e 18 de janeiro) no Multiplace Mais, quatro toneladas de mantimentos. O Café de La Musique também entrou na campanha e foram arrecadados cinco toneladas. Tudo foi encaminhado para a associação dos Caminhoneiros do Sul do Espírito Santo (ASCAMES), que ficou responsável por fazer a distribuição na região. João Vitor, um dos sócios do Café de La Musique, contou que devido ao cenário de devastação e tragédia que tomou conta desses municípios do Sul, a empresa não podia deixar de participar dessa corrente para ajudar as famílias atingidas pelas chuvas.

"Eu, meus sócios Frederico Rezende e Felipe Fioroti, não pensamos duas vezes para enviarmos as doações recebidas diretamente para Iconha. O alimento solidário tem nos possibilitado ajudar muito a comunidade de Guarapari. E claro que depois do ocorrido não teríamos outras postura senão ajudar nossos irmãos de Iconha. Ver aquele caminhão chegando lotado de alimentos foi muito gratificante e tudo isso já na madrugada após o ocorrido", explicou João.
Foto: Assessoria de Comunicação

Devido a gravidade da destruição e por orientação da Defesa Civil Estadual, foi  decretado estado de calamidade pública nas regiões afetadas. O decreto é válido para as cidades de Alfredo Chaves, Iconha, Rio Novo do Sul e Vargem Alta. O decreto de calamidade pública é um grau mais grave que situação de emergência. O decreto é autorizado em casos de desastres severos onde se reconhece que o município ou o estado não tem condições de se recuperar sozinho. O número de pessoas fora de casa devido à enchente nas cidades do sul do Espírito Santo aumentou. De acordo com o último boletim da Defesa Civil Estadual, mais de  1.6 mil pessoas ainda estão impedidas de retornar para casa.