• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chuva no ES: 38 casas são interditadas em dois dias na Grande Vitória

Geral

Chuva no ES: 38 casas são interditadas em dois dias na Grande Vitória

A demora na execução de obras públicas aumenta o perigo para esses moradores. Na capital, 6 mil pessoas vivem em áreas de risco

Foto: Reprodução TV Vitória

Na Grande Vitória, muitas pessoas ainda estão expostas aos riscos de deslizamento de encostas. Em Vitória, 38 casas foram interditadas em dois dias. 

Agentes da Defesa Civil de Vila Velha monitoram, em tempo real, as medições dos 9 pluviômetros espalhados por todo município. 14 mil pessoas vivem nas 17 áreas de risco identificadas pelo levantamento do Serviço Geológico Nacional. A maior preocupação é com deslizamentos de terra.

Para minimizar riscos e evitar que mais gente tenha que abandonar as casas, a prefeitura criou projetos para obras em cinco pontos. 

Moradores do Jaburu, em Vitória, afirmam que, há 10 anos, a prefeitura alerta sobre a possibilidade de rochas rolarem. Segundo a Defesa Civil, em março de 2018 moradores passaram a enfrentar risco de grau máximo, mas só em março deste ano é que vão começar as obras de contenção das rochas.

Atualmente, 6 mil pessoas vivem em 25 áreas de risco da capital. As informações são do plano municipal de redução de riscos, divulgado no início de 2017, e que passa por atualização.

A Secretaria Estadual de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano informou que aguarda a atualização das planilhas dos projetos das áreas de risco da Prefeitura de Vila Velha para dar andamento nos convênios para as obras.

Com informações da repórter Fernanda Batista, da TV Vitória/ RecordTV!