Estudo da Sesa indica que coronavírus já circulava no Espírito Santo em dezembro de 2019

Geral

Estudo da Sesa indica que coronavírus já circulava no Espírito Santo em dezembro de 2019

Pesquisa feita em mais de 7 mil amostras de dengue e chikungunya identificou em 200 delas também anticorpos específicos para a covid-19


Foto: Reprodução/YouTube

Um estudo feito pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), e apresentado na manhã desta terça (12), indica que o coronavírus já circulava no Espírito Santo em dezembro de 2019, três meses antes do anúncio oficial do primeiro caso em território nacional, em 26 de fevereiro do ano passado. 

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, e o diretor-geral do Laboratório Central de Saúde Pública do Espírito Santo (Lacen), Rodrigo Rodrigues, detalharam a pesquisa sobre a presença de anticorpos IgG específicos para SARS-COV-2 (covid-19), em amostras de infecção por arboviroses, que são a dengue e a chikungunya.

A investigação descobriu que de 7370 amostras envolvendo casos das doenças transmitidas por mosquito,  210 dessas coletas testaram positivo para covid-19. A primeira dessas amostras foi recolhida em 18 de dezembro de 2019 

Veja mais detalhes no vídeo: