Idosa mais velha do ES é vacinada contra a covid-19 em Barra de São Francisco

Geral

Idosa mais velha do ES é vacinada contra a covid-19 em Barra de São Francisco

Dona Maria Rita Pereira tem 114 anos e vive no município de Barra de São Francisco

Foto: Reprodução

A idosa mais velha do Espírito Santo, de 114 anos, recebeu a vacina contra a covid-19 na manhã desta quarta-feira (20). A dona Maria Rita Pereira mora em companhia da filha e dos netos, no bairro Nova Barra, em Barra de São Francisco, na região Noroeste do Espírito Santo. 

A aplicação da primeira dose da vacina ocorreu, por volta das 11h30, na casa da idosa. Dona Maria já estava pronta esperando para receber o imunizante e viver mais 50 anos, como é seu desejo. 

Além de dona Maria, os técnico da Superintendência Regional de Saúde de São Mateus estiveram em Barra de São Francisco, como orienta a determinação da Secretaria de Estado de Saúde, para vacinar os internos do asilo de idosos. 

Com simplicidade, Zenilda Rita de Jesus, 71 anos, cuida da mãe há mais de 30 anos, depois que a irmã mais velha morreu. Durante o pico da pandemia, ela ficou preocupada com a saúde da idosa. E, agora, após meses de cuidados extremos, se sente aliviada. 

“A gente fica preocupada, mas, se tem de tomar, vamos tomar. Fico feliz que minha mãe seja a primeira pessoa da cidade a tomar a vacina, mas o que a gente quer é que todo mundo possa ter a vacina para ficar livre dessa doença. Graças a Deus, estamos aqui quietinhos, protegidos”, disse. 

Segundo a filha, a dona Rita não sabia, ao certo, porque estava “tomando injeção”, mas levantou cedo e se arrumou para receber as visitas. Uma quebra de rotina, já que ela costuma dormir até 11 horas da manhã. “Se não chamar, ela fica dormindo”, revelou Zenilda. 

O prefeito do município, Enivaldo dos Anjos, reforçou que, apesar da vacina, não há o que comemorar. "Temos quase 2 mil pessoas contaminadas na cidade, já morreram 58. Comemorar o quê? Estamos atrasados. Vida longa à dona Maria Rita”, comentou. 

Dona Maria Rita completou 114 anos no último dia 15. Um fazendeiro da cidade ofereceu uma festa em sua propriedade, mas a pandemia fez os sonhos serem adiados. Agora, a idosa espera comemorar o aniversário de 115 anos em 2022. 

A idosa é, atualmente, a pessoa mais velha viva no Espírito Santo e, possivelmente, a terceira do Brasil. As pessoas mais velhas que se têm registro são Severina Conceição, nascida no dia 7 de janeiro de 1904, em Recife (PE) e Inocência Vieira de Jesus, nascida em 16 de julho de 1906, apenas seis meses antes de dona Rita, que mora em Paulo Afonso (BA).