Vitória espera vacinar 32 mil na primeira etapa, mas ainda não sabe quantas doses vai receber

CORONAVÍRUS

Geral

Vitória espera vacinar 32 mil na primeira etapa, mas ainda não sabe quantas doses vai receber

Segundo a secretária municipal de Saúde, caso o número de doses destinadas à capital capixaba seja menor, poderá ser necessário reduzir o público alvo

Foto: Reprodução/Pexels

A Prefeitura de Vitória espera imunizar, na primeira etapa da vacinação contra a covid-19, cerca de 32 mil pessoas, incluídas nos grupos prioritários para receber a vacina. A expectativa é de que essa primeira etapa comece ainda neste mês.

Entre o público que receberá as primeiras doses do imunizante estão idosos residentes em instituições de longa permanência — como asilos, por exemplo — ou que tenham mais de 75 anos, além de profissionais de saúde que atuam na linha de frente. Os indígenas que vivem em aldeias também fazem parte desse grupo prioritário, mas Vitória não possui pessoas nessas condições.

A Secretaria Municipal de Saúde, no entanto, ainda não sabe quantas doses da vacina vai receber do governo estadual — que, por sua vez, deverá receber o imunizante do Ministério da Saúde. Tal incerteza tem gerado preocupação. De acordo com a secretária municipal de Saúde, Thaís Cohen, caso o número de doses destinadas à capital capixaba seja menor, poderá ser necessário reduzir o público alvo, inicialmente.

"Para a primeira etapa, a gente precisava, minimamente, de 32 mil doses. Se a gente recebe muito menos do que isso, teremos que começar dos mais prioritários ainda, se é que esse termo poderia ser usado", afirmou.

As seringas e agulhas que serão utilizadas na vacinação ainda não foram distribuídas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Segundo a secretária, assim que elas e, principalmente, as doses chegarem, será iniciado o agendamento da aplicação pela internet.

"Quando nós estamos tratando de pessoas que vivem em instituições de longa permanência, nosso serviço é que vai à instituição, assim como os idosos que são restritos ao domicílio, que têm um impedimento de ir às unidades de saúde ou outros pontos de vacinação. As outras pessoas que serão vacinadas compõem a população que teria a possibilidade de fazer o agendamento online", destacou.

"Lembrando que o agendamento online é o agendamento de vacina, que já compõe a nossa oferta no aplicativo Vitória Online. Hoje já existe a oferta desse agendamento para outras vacinações e vai ser incluído ali essa vacinação", completou Thaís Cohen.

Questionada, a secretária de saúde de Vitória, no entanto, não informou em quanto tempo, após o recebimento das doses, a vacinação será iniciada na capital capixaba. 

A imunização em Vitória deve ocorrer em quatro etapas, seguindo as orientações do Ministério da Saúde. O município possui salas de vacinação em todas as suas 28 unidades básicas saúde. Além disso, equipes vão se deslocar para aplicar as doses em parte do público alvo.

"A nossa Gerência de Vigilância Epidemiológica já está com todo o plano preparado. Então nós estamos com nossos técnicos já sinalizados, a postos nos nossos pontos de vacinação, e equipes extras estão sendo treinadas para que estejamos prontos para um início imediato", destacou a secretária.

Com informações da repórter Fernanda Batista, da TV Vitória/Record TV