Idoso é esquecido pela Gol em aeroporto em São Paulo durante embarque para Vitória

Geral

Idoso é esquecido pela Gol em aeroporto em São Paulo durante embarque para Vitória

Ele deveria ter viajado às 6h35 num voo da companhia, mas foi deixado para trás na área de passageiros prioritários no Terminal de Congonhas

Marcelo Pereira

Redação Folha Vitória
Foto: André Lee/reprodução
O aposentado Nilton Alves foi esquecido pela Gol no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Ele embarcaria para Vitória na manhã desta terça-feira (04)
ATUALIZAÇÃO: Reportagem atualizada após a Gol enviar um posicionamento a respeito do ocorrido. 

O que seria uma simples viagem de avião de São Paulo para Vitória, com duração de 1h30, virou um transtorno de mais de 6 horas para o aposentado Nilton Alves, de 83 anos. 

Ele embarcaria em um voo da Gol, no Aeroporto de Congonhas, na capital paulista, às 6h35 desta terça-feira (04). No entanto, a empresa esqueceu seu Nilton na área de embarque, justamente, na fila prioritária.

O idoso foi para São ´Paulo passar as festas de Natal e Ano Novo na casa da filha. O genro dele, o engenheiro André Lee, o levou até o aeroporto, o acompanhou no check in e teve a garantia da empresa de que haveria um serviço de acompanhamento especial; uma vez que ele não poderia ficar com o sogro no local de embarque.  

"Meu sogro usa bengala para se locomover. A empresa até forneceu uma cadeira de rodas como suporte para ele aguardar o momento de entrar no avião. Troquei mensagens de whatsApp com ele para que fosse me informando se estava tudo bem, já que ele nunca havia feito uma viagem dessas desacompanhado. Porém, quando ele me disse que ainda não havia embarcado e já passava das 7h da manhã, comecei a ver que algo estava errado", contou.

A preocupação aumentou quando seu Nilton mandou uma mensagem dizendo que um funcionário da companhia aérea havia dito que, simplesmente, havia "esquecido" de embarcá-lo. 

"Quiseram colocá-lo num voo para às 10h da manhã. Eu pesquisei e vi que era uma conexão no Rio de Janeiro. Isso eles não falaram. Não quis aceitar porque a passagem era de um voo direto. Além disso, seria mais complicação para um passageiro, sozinho, e naquelas condições", explicou.



O genro fez reclamações em suas redes sociais e em páginas online de queixas de consumidores. "Foi aí que me ligaram. Remanejaram a viagem para um voo da companhia LATAM, direto para Vitória, saindo às 13h", disse. Ele desembarcou no Aeroporto de Vitória pela LATAM, número 3132, às 14h25.

Lee afirmou que vai processar a Gol. "Acho uma falta de respeito deixar um senhor idoso esperando no aeroporto por mais de seis horas", desabafou.

O que diz a Gol

A Gol informou, em nota, que os clientes realizaram check-in prioritário para o voo G3 1320, programado desta terça-feira (04), entre Congonhas e Vitória. Porém, houve um desencontro de informação no processo de embarque.

A empresa disse que realizou toda assistência necessária aos clientes e ambos receberam acompanhamento, refeição, e foi feito o contato aos familiares explicando o ocorrido.

"A GOL lamenta profundamente os transtornos causados e está apurando os motivos para que situações como essa não voltem a ocorrer", completa a nota.


Pontos moeda