Avalanches de neve matam pelo menos 108 pessoas no Afeganistão

Geral

Avalanches de neve matam pelo menos 108 pessoas no Afeganistão

Redação Folha Vitória

Panjshir, Afeganistão - Avalanches de neve mataram pelo menos 108 pessoas no nordeste do Afeganistão, informou nesta quarta-feira um funcionário do serviço de emergência

As avalanches enterraram casas em quatro províncias da região, declarou Mohammad Aslam Syas, diretor adjunto da Autoridade de Gestão de Desastres Naturais do país. A província mais atingida foi a de Panjshir, cerca de 100 quilômetros a nordeste da capital Cabul, onde as avalanches destruíram ou danificaram cerca de 100 casas, disse Syas.

O governador em exercício de Panjshir, Abdul Rahman Kabiri, disse que os integrantes das equipes de resgate usaram as próprias mãos e pás para tentar chegar aos sobreviventes. Várias equipes foram enviadas para as áreas afetadas. Autoridades acreditam que o número de mortos deve aumentar, disse Syas.

As fortes tempestades de neve, que começaram na manhã de terça-feira, prejudicaram os trabalhos. As tempestades provocaram acúmulo de cerca de 1 metro de neve. Árvores caídas bloquearam estradas no vale de Panjshir.

As avalanches no distrito de Dara, que fica no vale, afetou 600 famílias, segundo pessoas que tentavam chegar à área para ajudar nos trabalhos de resgate.

"As pessoas me disseram que dois de meus parentes morreram e oito estão sob a neve", disse um afegão que identificou-se apenas como Sharafudin. "Meu filho e eu tentamos passar para ver se podemos ajudar a encontrar seus corpos, mas isso vai levar pelo menos três a quatro horas, por causa da neve e do fato de a estrada ser muito estreita. Temos de ir andando porque o carro não consegue passar."

"Ainda não recebemos ajuda das autoridades. Nada de medicamentos nem maquinário para abrir as estradas para que possamos chegar às casas", afirmou Sharafudin.

Grandes partes do Afeganistão estão cobertas de neve depois que uma grande tempestade interrompeu o que até então era um inverno ameno e seco.

As temperaturas despencaram em todo o país, embora a expectativa dos meteorologistas seja de que a neve comece a derreter no vale do Panjshir e na maior parte das montanhas a nordeste da cadeia de Hindu Kush nos próximos dias. Fonte: Associated Press.