• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cinco suspeitos morrem em confronto com Bope na zona norte do Rio

Geral

Cinco suspeitos morrem em confronto com Bope na zona norte do Rio

Rio de Janeiro - Um confronto entre policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e supostos traficantes deixou cinco suspeitos mortos, na manhã desta sexta-feira, no morro Jorge Turco, em Rocha Miranda, zona norte do Rio. Os tiros perfuraram um reservatório da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), instalado no alto do morro e capaz de armazenar 200 mil litros de água.

Segundo a Polícia Militar (PM), a ação do Bope começou no início da manhã e terminou por volta das 15h. Dois homens foram presos e um menor de 18 anos de idade, apreendido. Com eles, a PM informou ter recolhido um fuzil e quatro pistolas. A Cedae interrompeu o fornecimento de água para o reservatório. Ao final da operação, técnicos foram ao local na tentativa de consertar a caixa d'água, que jorrava. De manhã, devido à operação policial, a Secretaria de Esporte e Lazer da Prefeitura do Rio suspendeu as atividades e fechou a Vila Olímpica Félix Mielli Venerando, em Honório Gurgel, bairro vizinho ao Jorge Turco.

À tarde, no complexo de favelas do Alemão, na zona norte, um PM que atua numa das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) da área foi baleado durante tiroteio enquanto patrulhava a região conhecida como Rua Sem Saída. Encaminhado ao Hospital Getúlio Vargas, ele não corre risco de morrer, segundo a PM. Durante a madrugada, mais dois PMs foram atingidos durante confrontos com criminosos e levados ao Getúlio Vargas, onde receberam alta.

Já em Senador Camará, na zona oeste, de madrugada, um PM de folga foi baleado, um homem morreu e outro desapareceu durante ataque de criminosos. Segundo a PM, por volta de 1h, bandidos em motos abordaram o carro onde estavam as três pessoas, entre elas o PM, lotado na Diretoria Geral de Pessoal (DGP). Ainda não se sabe se os criminosos pretendiam praticar um assalto. Atingido na perna e nas costas, o policial foi hospitalizado. A PM procura o desaparecido, terceiro ocupante do carro. O homem que morreu não havia sido identificado até a tarde de hoje.