Presidente Dilma faz entrega de moradias em Cachoeiro por meio de videoconferência

Geral

Presidente Dilma faz entrega de moradias em Cachoeiro por meio de videoconferência

Solenidade começa às 10h, no residencial Esperança, no bairro Marbrasa. Por volta das 11h a presidente deve se dirigir diretamente ao público que a acompanha na solenidade de Cachoeiro

No empreendimento foram investidos R$ 28,7 milhões em recursos federais. Foto: Divulgação/Prefeitura.

A presidente Dilma Rousseff vai participar, via videoconferência, da entrega das 496 unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida em Cachoeiro, na manhã desta sexta-feira (19). A transmissão ao vivo começa às 10h, no residencial Esperança, no bairro Marbrasa.

Da cidade de Petrolina, no Estado de Pernambuco, Dilma vai falar simultaneamente a outros seis municípios brasileiros que recebem moradias do programa federal. Por volta das 11h ela deve se dirigir diretamente ao público que a acompanha na solenidade de Cachoeiro.

Na cerimônia no município estarão presentes o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, o prefeito Carlos Casteglione e o vice-presidente corporativo da Caixa Econômica Federal, Antônio Carlos Ferreira, entre outras autoridades.

Sonho da casa própria por R$ 25 mensais

Pelos apartamentos do residencial Esperança, os beneficiários do programa vão pagar prestações mensais entre R$ 25 e R$ 80. As unidades têm sala, dois quartos, cozinha e banheiro, totalizando área de 45,75 metros quadrados. O condomínio conta com quadras de areia e de basquete, salão de festas, espaço com churrasqueira e dois quiosques.

A auxiliar de serviços gerais Maria Aparecida Alves Santos não vê a hora de sair do aluguel e se mudar para a primeira moradia própria com a filha e o neto. “Estou feliz principalmente porque vou pagar por algo que é meu e de minha família”, afirma.

Quem compartilha desse mesmo sentimento é a costureira Ana Melina Ribeiro de Almeida. Atualmente, ela mora em uma casa alugada, no bairro Monte Cristo, com esposo e duas filhas pequenas. “Sempre sonhamos com isso. É um momento importante para todos nós”, revelou.

As famílias contempladas passaram por processo de seleção conduzido pela prefeitura de Cachoeiro e pela Caixa. Para participar, tiveram que comprovar renda mensal de até R$ 1,6 mil, entre outros requisitos, como não possuir imóvel.

No empreendimento foram investidos R$ 28,767 milhões em recursos federais. O município fez melhorias na infraestrutura do entorno, como reparos em rede de drenagem, instalação de meio-fio e pavimentação da via de acesso.

Mais 1.248 unidades estão em fase de conclusão

Além do Residencial Esperança, o programa Minha Casa, Minha Vida tem em Cachoeiro, para a mesma faixa de renda, o residencial Otílio Roncette, com 1.248 unidades em fase de conclusão no bairro Gilson Carone.