Líder supremo do Irã chama Israel de nação falsa e faz ameaças

Geral

Líder supremo do Irã chama Israel de nação falsa e faz ameaças

Redação Folha Vitória

Teerã - O líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, disse na terça-feira, usou uma conferência pró-Palestina em Teerã para atacar Israel, chamando o Estado judeu de uma nação "falsa" em "um capítulo sujo" da história.

As observações do aiatolá Ali Khamenei foram alguns de seus mais fortes contra Israel, o arqui-inimigo do Irã. A cada quatro anos desde o início dos anos 90, Teerã organiza uma conferência semelhante em apoio à causa palestina, reunindo convidados estrangeiros e aqueles que se opõem a Israel.

Khamenei disse que Israel foi criado trazendo judeus de outras partes do mundo para a região do Oriente Médio para se estabelecer entre os palestinos a substituir sua "verdadeira identidade".

A criação de Israel é "um dos capítulos sujos da história que será fechado, com a graça de Deus", acrescentou.

O líder supremo, que tem a palavra final em todos os assuntos de Estado no Irã, também pediu que todos os muçulmanos apoiem os palestinos e movimentos de "resistência" em referência a grupos militantes anti-israelitas como o Hamas palestino e os militantes do Líbano, o Hezbollah shiita. O Irã sempre foi seu firme aliado. Fonte: Associated Press