• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Lançamento do Bike VV chega ao segundo mês de atraso e prefeitura joga prazo para março

Geral

Lançamento do Bike VV chega ao segundo mês de atraso e prefeitura joga prazo para março

Data oficial para o lançamento do sistema de compartilhamento de bicicletas no município, no entanto, ainda não foi divulgado. No início, usuários terão 200 bicicletas à disposição, espalhadas em 15 estações

Denys Lobo

Redação Folha Vitória

O que era para ser um fato comemorado pelos moradores de Vila Velha tem se transformado em uma novela - até agora sem uma data oficial para acabar. Previsto inicialmente para ser lançado no dia 15 de dezembro do último ano, o sistema de compartilhamento de bicicletas de Vila Velha, o Bike VV, chegou esta semana a seu segundo mês completo de atraso.

Na última semana, após a instalação das 15 estações que iniciarão o sistema, a prefeitura afirmou que a previsão era de que o sistema começasse a funcionar nesta semana. Porém, segundo a administração municipal, o prazo foi novamente ampliado, agora para a primeira quinzena de março.

A data oficial para que o Bike VV esteja disponível aos usuários, no entanto, ainda não foi informada. De acordo com nota enviada pela administração municipal, "uma questão de ajustes técnicos finais no sistema, para que o Bike VV entre em funcionamento em plena funcionalidade", são os motivos para o novo atraso.

Quando estiver funcionando, os usuários do Bike VV terão à sua disposição 200 bicicletas, sendo que 20 delas serão bikes duplas, destinadas exclusivamente às pessoas com deficiência visual. Além dessas 15 primeiras estações, está prevista a instalação de outras cinco nos próximos meses.

Entenda

Previsto para ser lançado em dezembro, o Bike VV foi adiado inicialmente devido a greve dos auditores da Receita Federal, iniciada no início de novembro de 2017. Importados do Canadá, os equipamentos necessários para a instalação das estações e as próprias bicicletas estravam retidos no Porto de Santos, no litoral de São Paulo.

Após o fim da greve e a chegada dos equipamentos, a administração havia definido o mês de janeiro para o início do funcionamento do sistema e depois o mês de fevereiro, o que mais uma vez não aconteceu.

Como funcionará o Bike VV:

- Os usuários do sistema deverão ter um plano ativo e possuir cadastro no APP Tembici, disponível para sistemas Android ou IOS e também no site www.bikevv.com.br (que será desenvolvido).

- Haverá planos mensais e anuais para usar o serviço. Os usuários terão acesso a um cartão com um custo de R$ 5,00. Os planos diários poderão ser adquiridos diretamente nas 20 estações com totem de autoatendimento, em 30% das estações (seis locais).

- Após pagar a taxa de adesão (de acordo com o plano contratado: diário, mensal ou anual) o usuário terá direito a uma viagem de até 60 minutos. Será possível realizar viagens durante todo o dia, obedecendo o intervalo mínimo de 15 minutos entre as viagens. Caso o usuário utilize a bicicleta antes do prazo mínimo de intervalo o uso será contabilizado como uma nova viagem.

- Ao todo serão 200 bicicletas e 20 pontos para o aluguel e devolução.

- 20 bicicletas serão duplas, para o uso de pessoas com deficiência visual.

- O uso do sistema poderá ser feito das 5 horas à meia-noite (0 hora).

- Valores: R4 5,40 (plano diário); R$ 10,80 (mensal) e R$ 67,50 (anual).

- Formas de pagamento: APP da Tembici, site do Bike VV (em construção) e nos totens de autoatendimento, somente com cartão de crédito.

Confira os locais das estações:

- Farol de Santa Luzia (Praia da Costa).

- Curva da Sereia (Praia da Costa).

- Interseção entre as avenidas Champagnat e Antônio Gil Velozo (Praia da Costa).

- Interseção entre a Rua Maranhão e a Avenida Antônio Gil Velozo (Praia de Itapuã)

- Interseção entre as avenidas Jair de Andrade e Antônio Gil Velozo (Praia de Itapuã).

- Avenida Estudante José Júlio de Souza (Praia de Itaparica) – próximo ao Bob’s.

- Interseção entre a Rua Itaperuna e a Avenida Estudante José Júlio de Souza (Praia de Itaparica).

- Avenida Estudante José Júlio de Souza (Praia de Itaparica) – próximo à Praça dos Ciclistas.

- Rodovia do Sol (próximo à Embratel).

- Avenida Champagnat (Centro) – próximo ao Supermercado Carone.

- Avenida Luciano das Neves (Centro) – próximo ao Colégio São José.

- Praça Duque de Caxias (Centro).

- Avenida Jerônimo Monteiro (Centro) – próximo ao Shopping da Terra.

- Avenida Luciano das Neves (Centro) – próximo ao Terminal de Vila Velha.

- Avenida Doutor Olívio Lira (Praia da Costa) – próximo ao Shopping Praia da Costa.

- Avenida Jerônimo Monteiro (Glória) – próximo ao Portal da Glória.

- Rua Santa Rosa (Glória).

- Praça Meyerfreund (Glória).

- Avenida Sol (Glória).

- Avenida Carlos Lindenberg (Glória) – próximo ao Pronto Atendimento da Glória.