Lavrov chama indiciamento no caso das eleições dos EUA de 'conversa fiada'

Geral

Lavrov chama indiciamento no caso das eleições dos EUA de 'conversa fiada'

Redação Folha Vitória

Munique - O ministro das relações exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, afirmou neste sábado que o indiciamento de 13 russos por suposta interferência no nas eleições presidenciais norte-americanas de 2016 é "apenas conversa fiada".

Questionado sobre o caso durante a Conferência de Segurança de Munique, Lavrov declarou: "Não tenho uma resposta. Você pode publicar qualquer coisa e vemos os indiciamentos se multiplicarem, as declarações se multiplicarem." O ministro argumentou que autoridades norte-americanas também já declararam que nenhum país influenciou o resultado do pleito eleitoral.

Lavrov ainda disse que, "até que vejamos fatos, todo o resto é conversa fiada". O indiciamento elaborado pelo procurador especial Robert Mueller traz as alegações mais detalhadas até o momento em relação à suposta interferência russa durante a campanha que levou Trump à Casa Branca. Fonte: Associated Press.