• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Antes de ser internado em hospital da Serra, paciente com suspeita de coronavírus deu entrada na UPA de Carapina

Geral

Antes de ser internado em hospital da Serra, paciente com suspeita de coronavírus deu entrada na UPA de Carapina

Na unidade de pronto atendimento, máscaras foram distribuídas a pacientes e acompanhantes

Foto: Wasley Serafim

Antes de ser internado nesta terça (25) no Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, em Morada de Laranjeiras, na Serra, o homem com suspeita de coronavírus deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento  de Carapina, no mesmo município, por volta das 19 horas do mesmo dia. A informação foi confirmada por funcionários da UPA à equipe de reportagem da TV Vitória/Record TV, que esteve no local à noite.

Na UPA, a reportagem conversou com uma mulher que usava máscara, mas que não quis gravar entrevista. Ela, que estava lá por causa de uma irmã com outra doença,  disse que os funcionários deram as máscaras para todos os acompanhantes e pacientes.

O Folha Vitória entrou em contato com a Prefeitura da Serra, mas ainda aguarda retorno sobre o caso.

O paciente 

Este é o primeiro investigado pela Secretaria da Saúde (Sesa), que confirmou o registro como suspeito na noite deste terça, por meio do Centro de Operações Estratégicas (COE). 

"O paciente chegou recentemente ao Espírito Santo após viagem à Itália, apresentando febre e outros sintomas respiratórios. Ele foi encaminhado para o Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra, que tem a expertise de atendimento a casos graves e é um dos hospitais de referência para atendimento a casos suspeitos, definido pelo Plano Estadual de Enfrentamento e Controle do Covid-19", disse a nota enviada.

A coordenação do COE, prossegue o comunicado, informa ainda que o paciente está sendo monitorado e exames laboratoriais serão realizados para confirmar ou não a doença. O caso suspeito seria informado, ainda nesta terça-feira, ao Ministério da Saúde.

"Na última sexta-feira (21), o Ministério da Saúde passou a enquadrar também, na definição casos suspeitos de Covid-19, pessoas com histórico de viagens a outros sete países: Japão, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Singapura, Camboja, Vietnã e Tailândia. A mudança ocorreu devido ao aumento de 14% no número de novos casos fora da China."

São Paulo em alerta

Em São Paulo, um homem de 61 anos teve seu teste avaliado como positivo em um primeiro exame para o novo coronavírus ( Covid-19). O paciente passou pelo primeiro teste e agora é esperada a contraprova. O Ministério da Saúde e as secretarias estadual e municipal de São Paulo investigam o possível primeiro caso positivo do vírus no Brasil.

A notificação veio do Hospital Albert Einstein, na zona Sul de São Paulo, nesta terça-feira (25). O homem deu entrada com sintomas brandos como tosse, após uma viagem a Itália, que já soma 11 mortos pela doença.

Itália em alerta

Ao menos 322 pessoas tiveram infecções confirmadas no país até a tarde desta terça-feira, 25, de acordo com autoridades italianas. O número de mortes chegou a 11 - todas as vítimas são pessoas idosas.