Continua busca por embarcação que pode ter desaparecido no ES com 5 amigos

Geral

Continua busca por embarcação que pode ter desaparecido no ES com 5 amigos

Eles saíram do Rio de Janeiro na última quinta-feira, com destino a Fortaleza

Foto: Reprodução/Marinha do Brasil
Navio-patrulha Macaé ajuda nas buscas

Continuam as buscas pela embarcação 'O Maestro', que desapareceu no último domingo (31). De acordo com informações do Comando do 1º Distrito Naval da Marinha do Brasil, a lancha estava com cinco ocupantes. Familiares contaram que eles saíram do Rio de Janeiro e seguia pelo litoral brasileiro, passando pelo Espírito Santo.

Segundo a Marinha, as buscas foram iniciadas logo após tomarem conhecimento do desaparecimento, supostamente por naufrágio. As buscas permanecem em curso pelo terceiro dia consecutivo, com emprego do Navio-Patrulha “Macaé”, uma aeronave Sea Hawk (SH-16) e uma aeronave P-95 da Força Aérea Brasileira (FAB), além de embarcações civis e aeronaves que trafegam naquela área.

As buscas seguem padrões técnicos e consideram os efeitos de correntes de deriva e ventos observados na área. Nos esforços realizados até o presente momento, não foram encontrados indícios que pudessem contribuir para a localização da embarcação e de seus ocupantes.

Com o propósito de obter mais informações que pudessem auxiliar nas buscas, o Salvamar Sueste, estrutura orgânica responsável por Operações de Busca e Salvamento (SAR) nesta região, emitiu Aviso aos Navegantes, dando ampla divulgação por Rádio, com o objetivo de alertar e solicitar apoio a todas as embarcações nas áreas próximas.

Além disso, empresas civis que operam regularmente helicópteros e navios na região foram avisados do desaparecimento da embarcação “O Maestro” e das suas características. Ressalta-se que havia a possibilidade de ventos fortes naquela região nos dias 30 e 31 de janeiro.

A viagem

Familiares contaram que a viagem do grupo de amigos começou na última quinta-feira (28). Eles partiram de um clube, no Rio de Janeiro, para Fortaleza a bordo de uma embarcação recém adquirida. A família conta que o grupo tinha experiência no mar.

Logo após a saída, eles avisaram que estava com problemas, pois o mar estava muito ruim. No dia seguinte, eles avisaram que chovia muito e que os alimentos haviam sido perdidos. Eles ainda estavam em litoral fluminense.

*Com informações da Record TV