Forças iraquianas intensificam ofensiva para tirar o Estado Islâmico de Tikrit

Geral

Forças iraquianas intensificam ofensiva para tirar o Estado Islâmico de Tikrit

Redação Folha Vitória

Bagdá - As forças iraquianas intensificaram sua ofensiva contra o grupo Estado Islâmico nesta sexta-feira, com a expectativa de alcançar os arredores da cidade de Tikrit, um dia depois dos extremistas terem destruído um famoso sítio arqueológico. O sítio arqueológico de Nimrud é tão importante que é comparado com o túmulo do rei do Egito Tutancâmon.

Tikrit está a 130 quilômetros de Bagdá e é controlada pelo grupo Estado Islâmico desde junho, quando os militantes sunitas avançaram repentinamente pelo norte do Iraque, o que levou as tropas iraquianas a fugirem e abandonarem suas armas.

O governador da província de Salahuddin, Raed al-Jabouri, disse que as forças iraquianas esperam alcançar Tikrit nesta sexta-feira. Ele afirmou à Associated Press que as forças ainda não chegaram ao aeroporto, localizado ao leste de Tikrit, como alguns relatórios têm sugerido.

Na segunda-feira, as forças de segurança do Iraque lançaram uma operação em grande escala para retomar a cidade do grupo militante, mas a ofensiva foi interrompida, pois oficiais militares disseram que os extremistas estavam posicionados estrategicamente nas estradas e contavam com explosivos e minas terrestres

A batalha para tomar Tikrit, cidade natal de Saddam Hussein, do grupo Estado Islâmico é o maior teste para as forças iraquianas e para as milícias xiitas aliadas.

Ontem, os extremistas do Estado Islâmico colocaram fogo em alguns poços de petróleo fora de Tikrit, disse um funcionário, sob condição de anonimato. Aparentemente, o incêndio foi uma forma de despistar um bombardeio do governo, que fazia parte da ofensiva.

O campo de petróleo Ajeel está localizado a 35 quilômetros de Tikrit. É um dos quatro campos tomados pelos militantes, como forma de se financiar, vendendo petróleo bruto a contrabandistas. Fonte: Associated Press.