Garis mantêm greve e Rio amanhece com lixo espalhado pelas ruas

Geral

Garis mantêm greve e Rio amanhece com lixo espalhado pelas ruas

Redação Folha Vitória

Rio - No segundo dia de greve dos garis do Rio de Janeiro, o centro da cidade amanheceu neste sábado (14) com lixo espalhado pelas ruas. Os profissionais de limpeza mantiveram a paralisação, mesmo depois de a Justiça do Trabalho decretar a ilegalidade do movimento.

A Companhia Municipal de Limpeza Urbana do Rio (Comlurb) informou que houve acúmulo de lixo em alguns bairros da zona norte da cidade, além do centro. A empresa afirmou também que pôs em prática um plano de contingenciamento para tentar minimizar os transtornos causados à população. Em diversos bairros das zonas norte e sul era possível ver trabalhadores da empresa varrendo as ruas.

A determinação legal de que ao menos 75% dos garis voltassem ao trabalho não estava sendo respeitada, segundo a Comlurb. A pena prevista ao sindicato da categoria pelo descumprimento da ordem judicial é de pagamento de multa diária de R$ 100 mil.

Os grevistas fizeram um ato de protesto em frente à Prefeitura do Rio ontem de manhã, mas o movimento não chegou a reunir 50 pessoas. A categoria reivindica um reajuste salarial de 40%. A Comlurb oferece como contraproposta um aumento de 7%.

Segundo a companhia, ainda não havia previsão de nova rodada de negociações com os grevistas.