Elementos de sistema de defesa antimíssil dos EUA chegam à Coreia do Sul

Geral

Elementos de sistema de defesa antimíssil dos EUA chegam à Coreia do Sul

Redação Folha Vitória

Seul - Os primeiros componentes do sistema de defesa antimíssil Terminal de Defesa em Área de Alta Altitude (Thaad, na sigla em inglês) chegaram à Coreia do Sul, segundo os governos dos Estados Unidos e da Coreia do Sul. A ação pode agravar as tensões regionais com a crescente presença militar dos EUA no nordeste asiático.

A chegada do sistema Thaad ocorre um dia depois da Coreia do Norte ter lançado quatro mísseis balísticos, em uma tentativa de "atacar as bases das forças agressoras imperialistas dos EUA no Japão". Pyongyang e Pequim se opuseram fortemente ao sistema de escudos antimísseis, chamando-o de ameaça à segurança nacional. Já os EUA afirmam que o Thaad é "estritamente um sistema defensivo".

O Thaad também se tornou uma questão central nas próximas eleições presidenciais da Coreia do Sul, que podem ser convocadas nesta semana. Apesar dos protestos chineses, os governos americano e sul-coreano avançaram com a implantação do sistema Thaad, citando as contínuas provocações da Coreia do Norte. No entanto, o presidente dos EUA, Donald Trump, pediu à China que reprima os programas de armas norte-coreanos.

Os EUA e a Coreia do Sul afirmaram que planejam implementar o sistema Thaad no território sul-coreano ainda este ano. Já uma porta-voz das Forças americanas disse que a chegada do Thaad na base da Força Aérea dos EUA em Osan, na Coreia do Sul, não muda a linha do tempo. Segundo a porta-voz, o plano é ter o sistema em funcionamento "o mais rápido possível". Fonte: Dow Jones Newswires.