Força Tarefa Conjunta Capixaba encerra atividades no ES nesta quarta-feira

Geral

Força Tarefa Conjunta Capixaba encerra atividades no ES nesta quarta-feira

A operação foi montada em virtude da paralisação da Polícia Militar em virtude do bloqueio das entradas e saídas de batalhões por parte de familiares dos PMs, iniciada em 4 de março

Desde o último dia 6 de fevereiro, cerca de 3.450 homens das Forças Armadas e da Força Nacional atuaram no estado Foto: ​Divulgação

Após cerca de 30 dias atuando em solo capixaba, a Força Tarefa Conjunta Capixaba encerra as atividades no Espírito Santo na próxima quarta-feira (8). A operação foi montada em virtude da paralisação da Polícia Militar, que teve início em 3 de março.

Mil homens das Forças Armadas e também da Força Nacional retornaram para seus Estados e 2.400 permanecem no Espírito Santo até as 0h de quarta-feira. Já a Força Nacional de Segurança Pública ainda continuará atuando no Estado após o dia 8.

Desde o último dia 6 de fevereiro, cerca de 3.450 homens das Forças Armadas e da Força Nacional atuaram no estado em ações de patrulhamento, postos de bloqueio e outras ações pontuais em resposta às demandas de segurança pública.

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, apresenta, nesta terça-feira (7), um balanço sobre as ações efetuadas por militares das Forças Armadas durante os dias em que estiveram no Espírito Santo, na Operação Capixaba.

Por meio de nota, a a Força-Tarefa Conjunta Capixaba agradeceu o apoio dos capixabas e a dedicação de todos que participaram da operação, contribuindo com o restabelecimento segurança no Espírito Santo.

"Devido à volta à normalidade das atividades de policiamento e mediante planejamento detalhado e minucioso, já se encontra em transição o retorno completo do controle operacional da segurança pública para o Governo do Estado do Espírito Santo, o que inclui uma redução gradativa do efetivo das tropas. No entanto, a missão atribuída à Força Tarefa permanecerá sendo exercida até o final com a mesma atenção recebida até o momento", diz a nota.