• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

‘Laço Branco’ vai envolver os homens na luta pelo fim da violência contra mulher em Cachoeiro

Geral

‘Laço Branco’ vai envolver os homens na luta pelo fim da violência contra mulher em Cachoeiro

A campanha, realizada no Brasil desde 2001, foi lançada no município na manhã desta quarta-feira (08), durante o evento alusivo ao Dia Internacional da Mulher

A campanha ‘Laço Branco’ foi lançada nesta quarta-feira (8) em Cachoeiro durante evento do Dia Internacional da Mulher Foto: ​Divulgação/Prefeitura

Na manhã desta quarta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, foi lançada em Cachoeiro, a campanha ‘Laço Branco’, que convoca os homens para a luta pelo fim da violência contra a mulher. O lançamento ocorreu durante o evento alusivo ao Dia Internacional da Mulher, uma ação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes).

Durante o evento, o prefeito Victor Coelho pediu a adesão dos cachoeirenses à campanha. “Conclamo a todos os homens de Cachoeiro de Itapemirim a defender as mulheres da violência contra elas. Devemos tratá-las de forma igualitária, com respeito e carinho. A sociedade ainda é muito machista, e o Espírito Santo está entre os estados brasileiros que mais registram casos de agressão ao público feminino. Não devemos admitir isso”, comenta.

Após seu discurso, o prefeito distribuiu às participantes rosas artesanais com bombons. Houve, ainda, apresentações artísticas, show da cantora Duda Felippe e oferta de serviços gratuitos de saúde, como aferição de pressão arterial e teste de glicemia.

As atividades do Dia Internacional da Mulher em Cachoeiro seguem na praça, com a exibição do documentário ‘Violência Doméstica: Mulher, a culpa não é sua’, produzido pela Semdes, Corrida de Mulheres, Pedalaço pela Vida, aulão de zumba e shows musicais.

‘Laço Branco’

A campanha, que busca o engajamento dos homens no combate à violência contra a mulher, surgiu no Canadá, a partir de uma tragédia ocorrida há quase 30 anos. No dia 6 de dezembro de 1989, um rapaz de 25 anos invadiu uma sala de aula, em Montreal, e pediu que os homens se retirassem. Em seguida, assassinou 14 mulheres.

Após a chacina, o criminoso se suicidou, mas deixou seu ato justificado em uma carta, na qual disse que não suportava ver mulheres estudando engenharia, curso – segundo ele – para o público masculino. No Brasil, o lançamento oficial da Campanha do Laço Branco foi realizado em 2001.