Produtores rurais de Cachoeiro recebem apoio para reter e armazenar água

Geral

Produtores rurais de Cachoeiro recebem apoio para reter e armazenar água

Barragens e construção de caixas secas com apoio da prefeitura que disponibiliza maquinários e técnicos foram as alternativas para o abastecimento nas propriedades

As próprias caixas e barragens, ao possibilitarem a retenção da água da chuva por mais tempo, ajudam na recuperação de lençóis freáticos Foto: Reprodução

A prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim está atendendo mais produtores rurais com escavação de caixas secas e pequenas barragens. Inicialmente, 68 propriedades cadastradas terão esse apoio para reter e armazenar água da chuva, que pode ser usada no enfrentamento de estiagens, para irrigação e consumo animal.

Para os produtores, que amargam longo período de escassez de chuvas, é uma oportunidade de aumentar a segurança hídrica em suas terras e melhorar as condições para produção.

A agricultora familiar Elisângela Bitencourt Cateim Porto, 33, da comunidade de Banca de Areia, Pacotuba, conta que a construção da caixa seca colaborou para o aumento da produtividade.

“Colocamos irrigação por gotejamento na laranja, usamos para molhar a horta e ajuda a manter o gado. Isso nos ajudou a aumentar em 40% a produção. Temos vontade de fazer outra”.

Na propriedade de Jacinto Natal Spoladore, 46, agricultor familiar de Areal, Pacotuba, a água armazenada na caixa é dada ao gado, ajuda na irrigação da capineira e do canavial. “É uma iniciativa muito importante, porque não tem chovido com frequência. Enfrentamos seca em 2013 e para este ano também não temos boas perspectivas”.

Feito com maquinário da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento e sob orientação de técnicos da secretaria, o serviço de escavação pode ser contratado pelos produtores por um custo baixo, por meio de programa municipal. 

Educação ambiental

Paralelamente, a Semag tem realizado, junto aos produtores atendidos com o serviço, um trabalho de educação ambiental. Técnicos orientam sobre a necessidade de preservar e buscar a recuperação de áreas de nascentes e cursos de água que abastecem a propriedade, como modo de garantirem seu desenvolvimento de forma sustentável. As próprias caixas e barragens, ao possibilitarem a retenção da água da chuva por mais tempo, ajudam na recuperação de lençóis freáticos.

O secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Robertson Valladão, ressalta que a ação é estratégica para o homem do campo, garantindo condições de permanência no meio rural.

“Queremos, ainda este ano, concluir o serviço nas propriedades já cadastradas e, ainda, abrir inscrições para novas propriedades, que queiram participar. Em alguns pontos do município, o gado bebe, apenas, a água retida nessas caixas e barragens. É um serviço que não acaba. Mas levamos, também, educação ambiental porque o produtor não pode depender, unicamente, das barragens. A ideia é levá-lo a produzir água”.