• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

4,6 milhões de brasileiras sofreram algum tipo de agressão física em 2018

Especial Mulher

Geral

4,6 milhões de brasileiras sofreram algum tipo de agressão física em 2018

Entre essas mulheres, 76,4% declararam que o agressor era alguém conhecido. Foram 1,6 milhão de mulheres vítimas de espancamento ou tentativa de estrangulamento - uma a cada 3 minutos

Foto: Reprodução

Somente no Espírito Santo, durante o período de Carnaval, 94 mulheres pediram medida protetiva, sendo os motivos por agressão física, estupro ou lesão corporal. Os índices assustadores se repetem em todo o país e deixam clara a onipresença da violência contra a mulher. 

E a palavra "assustadores" não é uma opção... está baseada em números que mostram que apenas no período de uma hora, 536 mulheres são vítimas de algum tipo de agressão física em todo o Brasil.

Foto: Divulgação
Infográfico divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública 


Esse último número faz parte do relatório "Visível e Invisível: a vitimização de mulheres no Brasil - 2ª Edição", do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado às vésperas do Dia Internacional da Mulher. 

Visível e Invisível: A vitimização de mulheres no Brasil

850.28 KB
Baixar Arquivo

O levantamento, realizado nas regiões sudeste, sul, nordeste, norte e centro-oeste, mostra que 16 milhões de mulheres, com 16 anos ou mais, sofreram algum tipo de violência. Entre essas mulheres, 76,4% declararam que o agressor era alguém conhecido. Foram 1,6 milhão de mulheres que sofreram espancamento ou tentativa de estrangulamento nos últimos 12 meses - uma a cada 3 minutos!