Facebook armazenou senhas de milhões de usuários de forma imprópria

Geral

Facebook armazenou senhas de milhões de usuários de forma imprópria

O vice-presidente de engenharia, segurança e privacidade da empresa disse que a companhia armazenou as senhas em "formato legível"

Foto: Reprodução/Pexels

O vice-presidente de engenharia, segurança e privacidade do Facebook, Pedro Canahuati, informou na tarde desta quinta-feira (21), que, em janeiro, a companhia descobriu que senhas de milhões de usuários foram armazenadas em "formato legível" no sistema interno de armazenamento de dados da empresa, tendo em vista que o sistema é projetado "para sempre mascarar as senhas, usando técnicas que as tornam ilegíveis". Canahuati afirmou, ainda, que a questão foi resolvida, mas enfatizou que, por precaução, os usuários que tiveram o armazenamento da senha alterado serão notificados.

"Essas senhas nunca estiveram visíveis para pessoas de fora do Facebook e não encontramos nenhuma evidência de que alguém internamente violou ou acessou indevidamente essas contas", disse o executivo. De acordo com ele, a estimativa da companhia é de que serão notificados centenas de milhões de usuários do Facebook Lite, dezenas de milhões de usuários do Facebook e dezenas de milhares de usuários do Instagram.