Médicos e enfermeiros recebem reajuste salarial em Cachoeiro de Itapemirim

Geral

Médicos e enfermeiros recebem reajuste salarial em Cachoeiro de Itapemirim

Além de corrigir a defasagem salarial das categorias, a medida visa atrair profissionais para reforço das equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF)

Foto: Reprodução/PMCI

Foi sancionado nesta terça-feira (26) em Cachoeiro de Itapemirim uma lei que reajusta o salário de médicos, odontólogos e enfermeiros da Estratégia Saúde da Família (ESF).

Além de corrigir a defasagem salarial dessas categorias, que não eram contempladas com reajuste há mais de uma década, a medida visa atrair profissionais para reforço das equipes de ESF, que atuam nos bairros e distritos.

O médico da família (generalista), que recebia R$ 6 mil, passa a ganhar R$ 10 mil. A remuneração dos odontólogos e enfermeiros passa a ser R$ 3,5 mil – antes, eram R$ 2,5 mil e R$ 2,4 mil, respectivamente.

A carga horária desses profissionais é de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias, de segunda a sexta–feira, atendendo à demanda dos pacientes nas unidades básicas de saúde e em visitas domiciliares.

“No caso dos médicos, principalmente, vínhamos tendo dificuldade para fazer contratações em função da remuneração considerada baixa na comparação com outros municípios”, conta a secretária municipal de Saúde, Luciara Botelho.

Também nesta terça, foi sancionada a lei que atualiza a concessão do auxílio-alimentação aos profissionais participantes do programa Mais Médicos no município. O benefício é de R$ 550 mensais.