Beleza: dicas para cuidar dos cabelos crespos e cacheados

Geral

Beleza: dicas para cuidar dos cabelos crespos e cacheados

No Dia Internacional da Mulher, lembrado neste domingo (8), confira dicas para cuidar dos cabelos e deixá-los ainda mais saudáveis

Dayse Torres

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução / Instagram

Cuidar dos cabelos é uma dos preocupações que todas as mulheres têm e, cada vez mais, várias estão aderindo à sua beleza natural e deixando de lado os alisamentos, mostrando as madeixas mais livres e saudáveis. Entre as que têm cabelos crespos, ondulados e cacheados a tendência é ainda mais crescente e, atualmente, há muitas opções para atendê-las.

Entre as famosas não são raros os casos. As atrizes Thais Araújo, J´éssica Ellen, Cris Vianna e Sheron Menezzes são alguns exemplos de mulheres com cachos muito bem tratados. 

O cuidado resume-se basicamente em quatro etapas importantes, que são higienização, hidratação, finalização e corte, como explica a cabeleireira especialista em cabelos cacheados e crespos Ziane Ribeiro. "Lavar e hidratar o cabelo duas vezes por semana, finalizar os cachos com um bom creme de pentear e cortar as pontas a cada três ou quatro meses estão entre as orientações", explica ela, que atua no Instituto Cachear Vitória, no Centro de Vitória.

Foto: Reprodução / Instagram

Mas, quanto à lavagem, Ziane diz que é preciso ter cuidado, pois o xampu altera o pH dos fios de cabelo e retira a oleosidade depositada sobre eles, causando o ressecamento, se for usado em excesso. "Por isso, recomendamos o uso de um xampu hidratante nos cabelos cacheados e crespos apenas duas vezes por semana. Para aquelas pessoas que sentem a necessidade de molhar a cabeça mais vezes, recomendamos que lavem o cabelo só com água, esfregando o couro cabeludo com a ponta dos dedos, para remover o excesso de suor, a oleosidade e outras impurezas. Ah! E recomendamos que os cabelos sejam lavados com água em temperatura natural. Nada de água quente".

Em casa

Os cuidados em um salão de beleza são muito benéficos, mas também é preciso lembrar de cuidar dos fios em casa. Segundo Ziane, a maior parte das cacheadas confessa que, no dia a dia, não hidrata o cabelo. 

"Pode parecer conversa de cabeleireira, mas o primeiro passo para ter um cabelo incrível é deixar a preguiça de lado e começar a hidratar o cabelo duas vezes por semana com produtos de qualidade. Além disso, a finalização é uma etapa muito importante para dar um resultado final bonito. Para garantir a definição dos cachos, recomendamos aplicar uma quantidade generosa de um bom creme de pentear entrando com os dedos no cabelo úmido. E cuidado com produtos que prometem milagres com preço muito baixo. Quando o assunto é cabelo, o barato pode sair caro", disse ela.

Porém, nada de exagero na hora de comprar cosméticos. Ziane explica que um cabelo bem cuidado em casa precisa de apenas quatro produtos: xampu, máscara de hidratação e creme de pentear. "E para quem gosta, o óleo reparador de pontas, além de dar brilho aos fios, ajuda a devolver oleosidade às extremidades do cabelo. Com esses quatro itens e um pente garfo, qualquer cacheada e crespa pode ficar poderosa!"

Sem frizz

A cabeleireira Ivana Pereira dos Santos, do Ivana Cachos, localizado em Mata da Serra, na Serra, também explica que os fios devem ser lavados com água fria e o xampu deve ser usado apenas duas vezes por semana. "Hidratar em casa é essencial. Sempre indico que, uma vez por semana, a cliente use a máscara. Ela tem que lavar, enxaguar, usar a máscara com uma touca por um tempo, enxaguar novamente, usar condicionador, enxaguar bem pela terceira vez e finalizar com um creme de boa qualidade". 

Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Ela lembra que isso é um tratamento e que deve ser contínuo. "Com esses cuidados, a cliente consegue evitar o frizz, as pontas duplas e o ressecamento. Cabelo precisa de atenção e de uma manutenção diária. Não adianta ir ao salão e não manter nos outros dias", completa Ivana. 

A cabeleireira também lembra que é preciso dosar na quantidade de creme. "Não tem necessidade de exagerar. Sempre coloque o creme nas pontas dos dedos e espalhe bem nos fios, evitando o couro cabeludo, para não provocar problemas como a caspa". 

Ivana recomenda, ainda, que antes de passar um creme no cabelo é preciso retirar o do dia anterior. "Você precisa molhar e retirar o creme velho. 'Aproveitar' o que já está na cabeça e borrifar água vai ressecar os fios".  

Tecnologia

Além desses cuidados, as cacheadas e crespas também podem recorrer à terapia capilar para garantir a beleza e saúde dos fios. O tratamento, na verdade, pode ser aderida por pessoas com todos os tipos de cabelo. 

Foto: Reproducao/ Arquivo Pessoal

"A terapia reúne a fitoterapia, dermocosmética e a tecnologia, voltados para o uso capilar. Nós avaliamos  a necessidade de cada cliente, seja, por exemplo, oleosidade excessiva, caspa, inflamação do couro cabeludo ou outro,  e vamos tratar especificamente", explica Gabriela Bettim, terapeuta capilar do Gabriela Bettim Hair, localizado no bairro Santa Cecília, em Cariacica. 

Ela, que também é técnico em Enfermagem e trabalha com terapia capilar desde 2008 , diz que da mesma forma que a pessoa cuida da pele do rosto e corpo, deve se preocupar com o couro cabeludo. "Tempo, envelhecimento, o estado emocional e produtos inadequados podem trazer grandes prejuízos e isso reflete nos fios. Pode levar até a uma alopécia". 

Gabriela explica que a terapia capilar acontece em sessões semanais e o tratamento dura de três a cinco meses. "Esse período é necessário para o nascimento, desenvolvimento e aparecimento de novos fios, além do fortalecimento dos que a pessoa já possui", completa ela.