• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

ES vai iniciar barreiras sanitárias em estradas nesta quarta-feira, afirma Casagrande

CORONAVÍRUS

Geral

ES vai iniciar barreiras sanitárias em estradas nesta quarta-feira, afirma Casagrande

Governador garantiu também que o trabalho deve ser feito no Aeroporto de Vitória nos próximos dias

Foto: Divulgação/ Governo do ES

Em pronunciamento via internet na noite desta terça-feira (24), o Governador Renato Casagrande citou as novas medidas do governo do Estado para o enfrentamento ao Novo Coronavírus.

Entre os assuntos tratados pelo governador está a criação de barreiras sanitárias nas estradas que cortam o Espírito Santo. Segundo Casagrande, serão criadas barreiras nas divisas do Estado com o Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia. 

A Polícia Militar, o IDAF e Bombeiros vão fazer medições de temperatura e dar orientações aos motoristas que estiverem no local, para controlar a entrada e saída de pessoas no Estado. 

Casagrande garantiu também que o trabalho deve ser feito no Aeroporto de Vitória nos próximos dias. 

Transporte coletivo

Segundo o governador, do dia 9 ao dia 23 de março o Estado registrou redução de 71% no número de passageiros no sistema Transcol, que faz o transporte coletivo na Grande Vitória. 

Ele reforçou que as pessoas que continuam suas rotinas e precisam utilizar os ônibus, mantenham distância para evitar contato. O Estado está fazendo uma marcação no chão dos terminais rodoviários da Grande Vitória para que os usuários fiquem pelo menos 1,5m de distância nas filas.

Supermercados

O governador cobrou dos estabelecimentos de varejo que tomem medidas mais firmes para regular a circulação de pessoas nos supermercados. De acordo com Casagrande, os donos dos supermercados tem de regular a entrada de pessoas, principalmente os que fazem parte do grupo de risco, dentro das unidades.

O governador também reforçou que os serviços de entrega em casa são boas opções nesta época de quarentena.

Novas medidas sobre o tema devem ser discutidas ainda nesta semana entre as entidades responsáveis e o governo.

Confira o pronunciamento na íntegra: