Presos do regime semiaberto poderão cumprir prisão domiciliar no ES

CORONAVÍRUS

Geral

Presos do regime semiaberto poderão cumprir prisão domiciliar no ES

Informação foi divulgada na tarde desta terça pelo governador Renato Casagrande, que ressaltou que a medida é uma sugestão do Estado à Justiça

Foto: Divulgação

Presos do regime semiaberto do sistema penitenciário do Espírito Santo poderão migrar para o regime domiciliar e serão monitorados por tornozeleira eletrônica. A informação foi divulgada na tarde desta terça-feira (17) pelo governador Renato Casagrande, durante uma coletiva de imprensa. Casagrande ressaltou ainda que a medida é uma sugestão do Estado à Justiça, que tomará a decisão.

Além disso, o Governo do Estado vai sugerir à Justiça que presos considerados vulneráveis — idosos ou com algum problema de saúde — também migrem para a prisão domiciliar. Segundo o governador, a medida tem como objetivo reduzir a possibilidade de contaminação pelo novo coronavírus dentro dos presídios capixabas. 

Ainda segundo o governador, a Justiça vai manter, pelo menos por enquanto, as audiências de custódia presenciais. Entretanto, ele afirmou que as audiências por videomonitoramento serão ampliadas.

Além disso, o governador fez uma recomendação para que as pessoas evitem realizar visitas dentro das penitenciárias do Estado. "Nosso intuito é isolar pessoas que estejam em grupos de risco. O sistema prisional pode ser um local onde haja uma facilidade maior de disseminação do vírus. Então nós estamos pedindo, recomendando e orientando para que haja uma diminuição, ou que não haja visitas ao sistema prisional. Essa é uma orientação neste momento, uma recomendação. Ainda não uma determinação", frisou.

Confira a íntegra da entrevista coletiva de Casagrande, na tarde desta terça: