ES suspende aulas de crianças até 5 anos a partir desta quinta-feira

Geral

ES suspende aulas de crianças até 5 anos a partir desta quinta-feira

Secretário de Saúde, Nésio Fernandes e o secretário da Educação, Vítor de Angelo explicam nova medida neste domingo (14)

Foto: Divulgação

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, e o da Educação, Vítor de Angelo, realizaram uma coletiva de imprensa, na tarde de domingo (14), para atualizar informações sobre as atividades de ensino no Espírito Santo durante a pandemia da Covid-19.

O secretário estadual de Saúde, Nésio Fernandes, anunciou que a partir desta segunda-feira (15) ficará suspensa as aulas para o ensino infantil das crianças de até cinco anos de idade, em todo o Espírito Santo nas redes públicas e privadas. A medida vale pelos próximos 21 dias e atinge todo o estado.  

"Não temos condições de atender mais, em larga escala, as crianças neste momento caso isso necessário. Portanto, como temos a sazonalidade de algumas doenças respiratórias combinadas com a covid, variantes da covid cuja manifestação ainda não temos tanta clareza, somado a essa informação da ocupação dos leitos de uti pediátricos e a pressão assistencial sobre o atendimento pediátricos, é prudente nesse momento tomar essa medida." pontuou o secretário de Educação Vítor de Angelo.

No entanto, as escolas terão um prazo de três dias, ou seja, entre segunda-feira (15) e quarta-feira (17) para que se organizem junto as famílias, uma vez que em muitos lares enquanto as crianças estudam os pais estão no trabalho.

A medida foi tomada após reuniões com a secretaria Estadual de Educação (SEDU), Ministério Público Estadual (MPES), Sindicato Empresas Particulares de Ensino no Espírito Santo (SINEPE) e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação.

A suspensão foi feita por conta do aumento da ocupação do número de leitos pediátricos ocupados em mais de 90%, principalmente, por causa do aumento de doenças respiratórias agudas graves, além da covid-19.

"Nessa semana aproximadamente 58 municípios iniciariam suas atividades. Esse início das atividades educacionais na educação infantil poderia representar uma pressão assistencial muito grande dentro desse momento." afirmou o secretário Nésio Fernandes. 

O Sindicato das Empresas Particulares de Ensino no Espírito Santo (SINEPE) disse que está de acordo com a suspensão das aulas do ensino infantil durante os 21 dias, mas que aguardam mais diálogo.

"Nós queremos que as escolas sejam consideradas atividades essenciais e não dependam mais do mapa de risco para sofrerem mudanças nas atividades toda a semana.", ponderou o diretor do Sindicato professor Moacir Lellis.

Outro pedido do Sindicato é que caso a situação dos leitos infantis melhore, que as aulas possam voltar antes do prazo de 21 dias. 

Segundo o presidente do Sindicato,  mais reuniões serão feitas ao longo da semana para que outros pontos sejam discutidos.

Reveja a coletiva:

Na Grande Vitória, os municípios de Vila Velha e Serra voltaram para o risco alto de transmissão e novas restrições, também, foram adotadas no comércio e nas atividades de lazer, houve também a suspensão das aulas presenciais. Outra mudança é que a classificação, antes válida por uma semana, passa a valer por 14 dias.

No total, 17 municípios estão classificados em risco alto de transmissão para o novo coronavírus. Os outros 61 municípios foram classificados no risco moderado. 

Municípios classificados em risco alto: Afonso Cláudio, Águia Branca, Aracruz, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Brejetuba, Cachoeiro de Itapemirim, Ibatiba, João Neiva, Muqui, Pedro Canário, Piúma, Presidente Kennedy, Santa Teresa, Serra, Vila Pavão e Vila Velha. Todos os demais estão na classificação de moderado.

Municípios classificados em risco moderado: Água Doce do Norte, Alegre, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Anchieta, Apiacá, Atílio Vivácqua, Baixo Guandu, Bom Jesus do Norte, Cariacica, Castelo, Colatina, Conceição da Barra, Conceição do Castelo, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Ecoporanga, Fundão, Governador Lindenberg, Guaçuí, Guarapari, Ibiraçu, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itaguaçu, Itapemirim, Itarana, Iúna, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, Laranja da Terra, Linhares, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Marilândia, Mimoso do Sul, Montanha, Mucurici, Muniz Freire, Nova Venécia, Pancas, Pinheiros, Ponto Belo, Rio Bananal, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São José do Calçado, São Mateus, São Roque do Canaã, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Valério e Vitória.