Pandemia: Espírito Santo ultrapassa 7 mil mortes por covid

Geral

Pandemia: Espírito Santo ultrapassa 7 mil mortes por covid

Em 24 horas, o estado registrou 72 mortes; maior número de toda a pandemia

Foto: Governo de São Paulo

Em 24 horas, o Espírito Santo registrou mais 72 mortes e 2.136 casos de coronavírus. O número de óbitos alcançou o recorde diário, desde o início da pandemia no ano passado. Nesta segunda-feira (22), outro recorde já havia sido registrado: 53 óbitos, maior número desde 5 de janeiro deste ano quando foram contabilizadas 52 pessoas mortas. As informações são do Painel Covid-19, da secretaria de estado da Saúde, atualizadas na tarde desta terça-feira (23). Com isso, o total de mortes causadas pela doença no Estado chegou a 7.053. Já os registros de infectados somam 363.853.

Leia mais: Pandemia no ES: Nésio Fernandes anuncia recorde de óbitos com 72 mortes nas últimas 24 horas

O município capixaba com o maior número de pessoas infectadas pela doença desde o início da pandemia é Vila Velha, que e chegou a 45.996 casos registrados. A Serra continua na segunda colocação com 45.250 registros. Já a capital Vitória contabilizou 39.808 casos, ocupando a terceira posição.

Vila Velha também é o município com o maior número de óbitos por coronavírus registrado até o momento no Espírito Santo: 900. Em seguida, aparece a Serra com 828 mortes. Na terceira colocação, está Cariacica com 798 registros. Logo atrás aparece Vitória, que já contabilizou 756.

Ainda segundo o painel, Jardim Camburi, em Vitória, continua sendo o bairro capixaba com o maior número de casos confirmados da doença. Ao todo, 6.044 pessoas já foram infectadas na região. A Praia da Costa, em Vila Velha, é o segundo bairro, com 5.048 casos. Jardim da Penha, também na capital, ocupa a terceira colocação com 3.547.