Eleição para liderança de cipriotas turcos vai a segundo turno

Geral

Eleição para liderança de cipriotas turcos vai a segundo turno

Redação Folha Vitória

Nicósia - A eleição para a liderança dos cipriotas turcos irá para segundo turno depois de nenhum dos candidatos conseguiu conquistar votos suficientes neste domingo para evitar uma nova disputa. Enquanto isso, espera-se que conversas para reunificar a ilha dividida entre etnias sejam encerradas no próximo mês.

O representante da linha-dura, Dervis Eroglu, e o candidato independente Mustafa

Akinci vão disputar a presidência da República Turca de Chipre do Norte no próximo mês. Os resultados oficiais revelam que, no primeiro turno, Eroglu conquistou 28,18% dos votos, ficando à frente de Akinci por apenas um ponto porcentual.

Sibel Siber, que tinha o apoio do partido esquerdista CTP, terminou em terceiro lugar com 22,54% dos votos, marginalmente a frente do ex-assessor de Eroglu, Kudret

Ozersay. Ozersay ganhou apoio na reta final da campanha e conquistou alguns dos votos de seu antigo mentor.

O comparecimento às urnas foi de 62% dos cerca de 177 mil eleitores, os quais escolheram entre sete candidatos.

A eleição decide quem vai sentar em conversas com o presidente grego cipriota Nicos

Anastasiades em conversas para reunificar a ilha do Mediterrâneo, divida em 1974 por uma invasão da Turquia após um golpe promovido por apoiadores de uma união com a Grécia. Apenas a Turquia reconhece a declaração turco cipriota de independência e mantém mais de 30 mil tropas no norte. O Chipre se juntou à União Europeia em 2004, mas apenas o sul, reconhecido internacionalmente, recebe os benefícios de um membro do bloco. Fonte: Associated Press.