Garis decidem encerrar greve em todo o Estado após acordo com empresas de limpeza

Geral

Garis decidem encerrar greve em todo o Estado após acordo com empresas de limpeza

Sindilimpe-ES e as empresas de limpeza urbana aceitaram a proposta feita pelo TRT-ES, em audiência de conciliação realizada no início da tarde desta terça-feira

Garis voltam a trabalhar 100% em todo o Estado Foto: Divulgação

Chegou ao fim a greve dos garis na noite desta terça-feira (14) em todo o Estado. O Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Urbana do Espírito Santo (Sindilimpe-ES) e as empresas de limpeza urbana aceitaram a proposta feita pelo Tribunal Regional do Trabalho do Espírito Santo (TRT-ES), em audiência de conciliação realizada no início da tarde desta terça-feira (14). 

O acordo feito no TRT estipulou reajuste salarial de 7,5% e o valor de R$ 440,00 para o tíquete-alimentação  que foi aceito por patrões e trabalhadores.

A categoria que já estava trabalhando integralmente a partir de hoje, vai continuar e haverá ainda compensação dos dias parados. Os garis vão trabalhar a mais para recolher o restante dos lixos que estão nas ruas, informou a assessoria de imprensa do Sindilimpe.

Esquema especial de limpeza nas cidades

A greve que começou na última quinta-feira (09), atingiu 85% da classe de trabalhadores e cidades como Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Viana, Guarapari, Anchieta, Marataízes, Linhares e Colatina foram as primeiras a serem prejudicadas.

Em Cariacica a greve tumultuou o cotidiano no município informou a assessoria de comunicação da Prefeitura, que aguarda a normalização da coleta em até 72h. O subsecretário de Serviços, Wellington Freitas, disse que pediu à população que, na medida do possível, retivesse os resíduos em casa e não descartasse o lixo na rua, uma vez que não há coleta regular. Para minimizar os impactos da greve, a PMC está realizando uma força tarefa com equipe e maquinário próprio para tentar minimizar o problema, no entanto, é somente em pontos viciados, não é coleta nas ruas. 

Em Vitória a assessoria de comunicação informou que todos os serviços de limpeza pública estão normalizados, e que toda a cidade foi afetada com a greve. Durante a paralisação a Prefeitura fez uma reprogramação dos serviços de acordo com o número de trabalhadores disponíveis.

Na Serra a Prefeitura espera que até sábado (18) toda a coleta seja normalizada. No município a coleta nos bairros é feita em dias alternados e nas principais vias o serviço é diário. 

Vila Velha aguarda a normalização da coleta nos próximos dias e garante que desde a manhã de terça-feira (14) a varrição e coleta voltaram ao normal. A cidade foi a que mais sofreu com a paralisação, que aconteceu durante a Festa da Penha e servidores voluntários da PMVV fizeram o serviço dos garis.