Obras raras de Monteiro Lobato em exposição em Vitória

Geral

Obras raras de Monteiro Lobato em exposição em Vitória

José Bento Monteiro Lobato (1882-1948) foi um dos primeiros autores de literatura infantil do Brasil e de toda América. Entre os destaques da exposição, um livro de 1923, “Mundo da lua”

José Bento Monteiro Lobato (1882-1948) foi um dos primeiros autores de literatura infantil do Brasil Foto: Divulgação

Durante o mês de abril, a Biblioteca Pública do Espírito Santo, em Vitória, vai sediar uma exposição com mais de 40 obras do escritor Monteiro Lobato, incluindo livros em braille e áudio livro. Entre os destaques, um livro de 1923, “Mundo da lua” e uma coleção completa de 1947.

José Bento Monteiro Lobato (1882-1948) foi um dos primeiros autores de literatura infantil do Brasil e de toda América. “O Sítio do Pica-pau Amarelo" - que eternizou personagens como a Dona Benta, Emília, a Cuca e a Narizinho - é a sua obra de maior destaque nesse segmento. “Urupês”, “Negrinha”, “Ideias de Jeca Tatu” também são de sua autoria.

Também estão expostos alguns livros didáticos, como “Emília no país da gramática” e “Geografia da Dona Benta”. “Monteiro Lobato, autor que mais encantou o público infantojuvenil no Brasil, redefiniu os horizontes da criação literária para crianças, modernizando-a e inserindo-a no rol dos grandes clássicos mundiais.

O escritor, que também foi editor e crítico de grandes questões políticas e econômicas de seu tempo, conseguiu criar um mundo lúdico e fantástico, repleto de histórias cheias de imaginação e de fabulosos personagens que encantam crianças e adultos há várias gerações”, declara a diretora da Biblioteca Pública do Espírito Santo, Rita de Cássia Maia. 

Segundo ela, a programação de abril do espaço cultural tem como meta levar ao conhecimento do grande público a vida, a obra e a importância cultural e política que Monteiro Lobato tem na história do Brasil.

Serviço:
Exposição do mês de abril “Obras de Monteiro Lobato”
Local: Biblioteca Pública do Espírito Santo (Avenida João Batista Parra, 165, Praia do Suá/Vitória)
Visitação: Segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas
Entrada gratuita