ONU acusa tabloide britânico de promover discurso de ódio contra imigrantes

Geral

ONU acusa tabloide britânico de promover discurso de ódio contra imigrantes

Redação Folha Vitória

Londres - O alto comissário de direitos humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), Zeid Raad al-Hussein, acusou o tabloide britânico The Sun de promover discurso de ódio contra imigrantes. De acordo com al-Hussein, um artigo no jornal comparava os imigrantes com baratas, uma linguagem similar a usada pelos perpetradores do genocídio de Ruanda, em 1994.

Em sua coluna no tabloide, Katie Hopkins, ex-participante do programa britânico "O aprendiz", afirmou que navios de guerra deviam ser usados contra barcos de imigrantes no Mar Mediterrâneo e chamou os imigrantes de "seres humanos selvagens".

O comissário pediu à imprensa britânica, autoridades e reguladores para frear o incitamento ao ódio. "Essa coluna foi simplesmente um dos exemplos mais extremos entre centenas de artigos xenófobos que surgiram nos tabloides do Reino Unido nos últimos 20 anos", comentou.

al-Hussein ainda afirmou que "o submundo desagradável do racismo" na Europa está contaminando a resposta da União Europeia (UE) para a crise de imigração no Mediterrâneo.

O The Sun não quis comentar o assunto. Em nova coluna no tabloide, nesta sexta-feira, Hopkins afirmou que a resposta à sua última coluna a lembraram de "estar alerta para os perigos que se escondem nas profundezas do nosso vocabulário". Fonte: Associated Press.